10.12.05

Tá bom, eu prometi. Mas... (sempre tem um "mas"...)

Ontem (quase hoje, nem sei) prometi que ia escrever posts "lights", e fazer os outros rirem... inclusive eu. Mas... depois das horas de sono (não muitas, confesso), tive outra visão das coisas.
Aos "orkuteiros" de plantão, não precisa explicar muita coisa, já escrevi no meu perfil. Como existem alguns que não passam por lá (existem????) vou dar uma "detalhada" por aqui.

Sempre brinquei que estava "viciada" no orkut, e que não tinha problemas em admitir isso. E olha que entrei no negócio em agosto de 2004. Na verdade, essa época foi quando a Ana Corina me convidou, e eu fiz o perfil, lá. De fato, mesmo, em junho deste ano foi que a coisa "esquentou". Foi quando o orkut já era em português, quando o número de pessoas conhecidas aumentou, enfim... meus 2617 recados - descontados os que foram apagados por mim ou pelos autores - ((todos os clonados e com desenhos que apago sem pena, além dos "comprometedores" (pensam que não? tem, sim....) e dos que fizeram o orkut funcionar como msn quando Marine estava sem )) são uma demonstração de quanto frequentei aquela página.

Gente, reencontrei tantos amigos... (certamente alguns dos que estão lendo isso aqui estão incluídos nessa lista) e fiz outros tantos... além de ter mais fácil contatato até com amigos e parentes que moram aqui mesmo em Ilhéus. Não nego os benefícios do orkut. Não posso. Seria injusta.

Mas não se preocupem, não cometerei um "orkuticídio" - o termo já está comum! Tenho alguns amigos que fizeram isso: reconheceram que estavam viciados ou que estavam gastando tempo demais ali, e simplesmente encerraram suas contas. Não, minha conta vai continuar lá, e eu continuarei acessando.

Como em toda "clínica de recuperação" há um programa para desintoxicação, vou fazer o meu. Afinal, ninguém me conhece mais do que eu. O objeto de tratamento, não é apenas o orkut, mas toda a net, incluindo e-mails e msn. Dentro do meu "programa", estarei desligando os "notificadores" do Gmail e do Incredimail. O MSN só será conectado quando eu realmente tiver necessidade. ( e não será aqule velho expediênte de "aparecer off line", não. Vai estar desconectado mesmo!) Aqueles que têm costume de falar comigo porque querem, e não porque simplesmente me encontraram "on", já sabem qual é o processo: manda um sms, que eu venho, isso continua assim. (esses tb tem acesso ao número do meu celular, que já excluí da visibilidade do orkut, a partir de hoje).

Não vou "jogar o pc fora", mesmo porque ele é essencial pra muitas outras coisas, inúmeras. Mas espero conseguir fazer o tratamento direitinho, viver melhor, produzir mais em todos os aspectos, e ficar menos dependente de coisas que estão me deprimindo.

A exceção serão os posts aqui. Sabem, estou gostando de poder escrever algo que não seja direcionado a uma pessoa só, e que seja o lugar onde posso, como disse no primeiro post, "derramar a alma, abrir o coração". Também não vou ficar lembrando a ninguém que o blog existe, e que "tem post novo". Minha filosofia de vida, a partir de agora vai ser: "Estou aqui. Se vc quiser me encontrar, sabe onde."

Beijo vocês, queridos amigos, ou melhor, queridas amigas e queridos amigos (aprendi com Ayêska que sempre escreve "meninas e menino", se recusando a colocar no masculino quando escreve para um time de 5 mulheres e um homem) com muito carinho, e peço que me ajudem em minha "recuperação", não me cobrando a presença como antes, ok? Ah, e vcs vão ajudar também não sumindo da minha vida, pois nas vezes que acessar qualquer uma das várias tecnologias de comunicação... vai ser bom ter contato com vocês. "Bom", não, indispensável. (Senão gera síndrome de abstinência, e aí já viu!)

Mais uma vez... quero deixar registrado que amo vocês... cada um de um jeito, (mas amor é único, né?) e não duvidem do meu amor!

4 comentários:

A outra "Bel"... disse...

Tomara que dessa vez esse treco entre e não me deixe "Anônima"...credo!!!

Achei mais do que na hora da "senhora" agir assim...tudo que é bom não pode ser demais...senão a gente fica doido (a). Eu, particularmente, não me acho uma orkuteira viciada, mas confesso que toda vez que ligo o pc tenho que dar uma olhadinha no "orkut" e acabo respondendo aos recados e até escrevendo um bocado... O legal dele é que realmente consegui resgatar amizades que há muito tempo não tinha contato sequer, e nem imaginava que um dia poderia conseguir dar um "alô" pra esse povo!!! E uma das...é vc, né tia??? Meu socorro no pc!!!
Bom...vou sentir saudades dos nossos papos, das competições pra os números "redondos" e de receber algumas broncas "via orkut" mesmo!!! Msn??? Nem se fala!!! Pela primeira vez na vida eu dei "gritos" pelo msn!!! Mas, é um alívio saber que não vou ver mais o tal do "automessage"!!! Gente...ele é terríve!!!
A sorte é que apesar de eu ter TIM, vc tem um CLARO e um OI que funcionam tb nos tornando próximas uma da outra (que alívio!) E a vantagem: sms de "grátis"!! Tomara que eu não nas minhas horas de "socorro do pc", não torne vc uma atleta de tanto correr do quarto pro pc...
Bjos...te amo we vc sempre será minha tia do coração!!!

regina disse...

ai eu faço como a meleca..vou sentir falta, mas ainda bem q a gente nao mora tao longe, q nao possamos curtir um sorvetinho ou 1 cineminha, ne?e mha casinha estara aqui, no mesmo lugar..e o coraçao tbem estaaqui...escancarado pra ti. te amu de momtao. beijaoooooooo

J Lívio disse...

As vezes a gente tem que se policiar mesmo, senao perde a harmonia. O mais importante eh fazer o que v decidiu fazer e ^regular^ a coisa pra nao perder o controle. Nao eh todo mundo que consegue. Mas o contato a gente nao perde. E presta atencao que tem post novo hj a noite. Bjo e boa sorte nas coisas que a partir de agora vc vai ter mais tempo de desfrutar.

Leandro disse...

A cada depoimento que escuto sobre este tal Orkut, mas me orgulho de não ter entrado nesta.