27.7.06

News, news... good and bad! Whatever... no more calm!

É, nenhuma calmaria dura muito...

Apesar de no meu player estar rolando o CD "Infinito Particular" de Marisa Monte, com uma tranquilidade implícita, especialmente em canções como Vilarejo e O rio, hoje o dia foi agitadinho! Mas foi agitação light e o barquinho tá navegando na boa!

Pra começar, cedinho fui buscar meus exames. Tive o trabalho de digitar a tabelinha só pra mostrar a vocês como estou uóóótema!!! O colesterol e o triglicérides baixaram consideravelmente, nem me perguntem como, pois eu continuo como me descrevi no perfil aí do lado: Me entupindo de veneno e porcaria (coca e comida não saudável). Ainda pode parecer alto, mas pra quem estava em 460, 250 tá ma-ra-vi-lho-so!!!

Em compensação... o TSH, Hormônio Tireo-estimulante tá estourado. Funciona assim: Ele estimula o funcionamento da tireóide, então a medida dele diz se ela está funcionando direitinho. No meu caso, como não tenho mais a dita cuja, foi extraída numa cirurgia que retirou um nódulo dela em 2000, ele só verifica se a dose do hormônio sintético que eu tomo (levotiroxina) está sendo suficiente. Essa dosagem é flutuante, e segundo meu endócrino, eu tenho condições de reconhecer se preciso de mais, e devo aumentar a dose em 25 mcg quando me sentir cansada demais, fraca, debilitada física, emocional ou mentalmente. O problema é que às vezes não percebo. E outras vezes mantenho a dose alta por mais tempo, como aconteceu em janeiro. [Voltando à vida... depois de dias horrorosos, largada na cama quando dava, e quando não dava, fazendo o maior esforço pra abrir os olhos... e com um humor... Eca!!! Até eu tava com nojo de mim! (imagine quem teve que me aguentar!) (post de 14/01/06)] quando aumentei a dose nos dias entre Natal e Ano Novo, e simplesmente continuei até o dia 10, mais ou menos.

Detalhe: quando o TSH diminui muito, leva o cálcio junto... E osteoporose é medo real, apesar de estar ainda longe (errr) da idade de risco real pra quem é normal. Então é controlando uma coisa e outra... ê saquinho!

Bom, taí o resultado:


O que tá rosinha é porque tá fora do normal, mas tá suportável. O vermelhinho... Rai ai.

Continuando...

Todo mundo (ou quase) sabe que minha filha tá lááááá longe, cursando Design na UFPE. Pois então... essa mãe aqui é um traste mesmo, ou melhor, é feita de. Outro dia ela pediu fotos de um açucareiro. Acho que era pra "Desenho de observação". E eu mandei: 1, 2 e 3 (clique e veja). Agora vejam a respostinha, via e-mail:

"thank yoooooou!!
mas vou dar uma de designer enjoada e fresca:
preciso do açucareiro num fundo mais claro,
pq não tá dando pra enxergar as partes de sombra direito...
e queria também ele aberto, ele de cabeça pra baixo (sem a tampa),
a tampa sozinha, de cabeça pra cima e de cabeça pra baixo, etc etc... tendeu?
mas essas já vão ser muuuuito úteis!!
bjooooooooooooo"


Eu mereeeeçooooo!!!!

Grazzie Dio, voltei a poder conversar *miolo de pote* não só com a Jady, mas com a Anne, e com quem mais aparecer. Ainda falto a conclusão do relatório e as referências das fontes orais, mas isso é fichinha. Então, estou me dando o prêmio de ficar on o dia todo... Então, vejam isso: (Nome omitido pra preservar a identidade da garota, obvio).
X diz:
amanhã devo ir pra itacaré, mas sábado tô d volta
X diz:
qq coisa a gente marca
Bel - diz:
que chique
Bel - diz:
despedida, é?
X diz:
é
Bel - diz:
aproveita bastante
X diz:
só espero q minha sogra ñ vá
Bel - diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Bel - diz:
kkkkkkkkkkkkkk
Bel - diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkk
X diz:
ela ñ s toca, velho
X diz:
inventou d querer ir. vê se pode?
Bel - diz:
ó, vou colocar isso no meu post de hj, viu?
Bel - diz:
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
X diz:
tanto tempo programando isso pra ela querer ir agora
Bel - diz:
dá um lactopurga pra ela ter uma diarréia
X diz:
rai ai


E ainda no msn...
* Ó o estilo de link que a catita da Jady me manda: Hilárioooooo!!!

* Mensagem de Cacá:
Beb, achei Jacy no Orkut! (e mandou o link).
Pra quem não é *da época*, Cacá e Jacy e mais a Rose, foram *minhas véias* no tempo que morei em Recife. Amizade daquelas que valem muuuito e não tem Mastercard que pague.
Ficamos 14 anos perdidas, e há 4 anos e meio nos encontramos *por acaso* em Recife. Sabem o que é 14 anos sem ver nem ter notícias de quem a gente gosta? Pois então... Eu ia a Recife no mínimo 2 vezes ao ano... e Cacá morando lá... nunca nos vimos. Rose foi pra Curitiba depois da formatura, e nos reencontramos em 94, depois em 96 (isso dá um post completo, me lembrem disso em outra hora), mas apesar de trocarmos telefones... continuávamos meio perdidas uma da outra. Jacy... só Deus sabia onde estava, a última vez que nos vimos, Aline e Gabi (a filhinha dela) eram bebês de menos de um ano. Pois dessa vez, em 2002, recebi uma ligação de Cacá, na casa da minha sogra (como ela descobriu o número, ainda é mistério pra mim): "Beb... Desce aqui... Tu quer ver Jacymara?" (A casa da sogra é na serra, em Aldeia, *desce* é *vem pra Recife*) Tirei os meninos da piscina e em 10 minutos estávamos na estrada! Lá, ligamos pra Rose, em Curitiba, e no outro dia estávamos as três no aeroporto, esperando a última pra integrar o *quarteto fantástico*. Foram só dois dias, mas foi bom demaaaaais!!! Devo ter fotos, mas não sei onde...

(Achei as fotos!)

Cacá, Jacy, Rose e eu.


Os filhotes: Abel, Wilmar, Aline, Valentina, Gabriela e Karen (faltou Kellen).

Mas... depois disso... nos perdemos de novo, especialmente Jacy. Cacá reencontrei no orkut no começo do ano, a danada tá no Canadá, o marido fazendo doutorado, e ela lá curtindo frio e morrendo pra aprender a falar inglês. Temos nos falado com frequência, e anteontem ela me mandou o link de Jacy. Mandamos scraps, adicionamos... mas sem resposta, até que hoje...

No Orkut...
Jacymara: Eu realmente não acredito que voce me achou aqui! Eu estou com muita saudade de voces, daquele nosso tempo... Como voces estão? E as crianças? Vamos ver se agora não nos perdemos mais. E a Rose? Me manda o orkut dela. Ah, eu vou colocar uma foto nossa. Beijos. Jacy.

É, quebra minha calmaria, de um jeito bom!!!

E hoje ainda vou assistir Vem Dançar, com aquela coisa, que é o Banderas. Quem quer ir comigo???

UPDATE, 23:07:
Não creio em reencarnação (sem comentários, pelase) mas se cresse, diria que em outra fui exímia dançarina, de dança de salão, of course. Alguém conhece uma pessoa absurdamente *dura*? Que não dança naaaada??? Eu sou pior. Mas adoro, simplemente adoro ver dançar. Tenho a impressão que já dancei, que sei tudo aquilo... que sou a melhor, que tenho todo o feeling, que sou capaz de fazer tudo e muito mais.
E isso desde há muito, quando assisti "Fama" o filme e depois a série... e outros tantos semelhantes, como as várias versões de "Dança Comigo" e o "Sob a Luz da Fama" que assisti zentas vezes na HBO e a cada vez que via a apresentação final parecia que era a primeira. É, eu sou uma boba, mesmo. Mas nesse tipo de filme, viajo legal.
E esse de hoje... Ai meus sais!!! Banderas de bom moço, black tie dançando tango... É de matarrrr!!! Com um partner como esse, garanto que quebrava todos os meus conceitos e preconceitos, de educação, costume ou seilámaisoquê que me impediram de até hoje chegar perto desse lado da vida.


Nenhum comentário: