19.10.06

Nunca mais... (com update)

... eu havia entrado no site das Garotas que dizem Ni, que foi um dos primeiros blogs que comecei a ler, muito antes mesmo de pensar em escrever um. Passar no "Garotas" era de lei, todo dia. E quando elas demoravam de postar, ou quando o servidor lá dava pau (é, isso acontece em quem não usa o Mr. Blogger também) eu ficava agoniada, louca pela minha dose de risadas do dia.

Ultimamente (já tem um bom tempo) esqueci das Garotas (veja foto)... que inclusive são minhas amigas no orkut, a Clara, a Flá e a Vivi, e até a Sofia, a gata da Vivi. Que vergonha... Mas hoje me lembrei delas... e nem foi porque a minha garota também diz Ni. (Vergonha maior ainda, que horror!)

É que ontem vi o cartaz da "7a. na 5a." (Sétima arte na quinta-feira), sessões de cinema no auditório da UESC anunciando a exibição de "Monty Python em busca do cálice sagrado", o filme onde aparecem pela primeira vez os "Cavaleiros que dizem Ni" e cuja expressão originou o título das "Garotas" e até da minha.

É claro que os meus garotos vão comigo até à facul pra assistir o filme, e eu vou ficar babando porque tenho aula de "Comunicação e Realidade Regional" e o prof super legal (mesmo) também é super caixias e dá falta até quando a gente chega atrasado, e reprova por faltas e eu já tenho duas e então nada de faltar aula.

Bom, mas... eu tava falando que fui no Garotas hoje. Como sempre, me acabei de rir, com o texto da Clara, Eu não acredito. Deu vontade de escrever um semelhante, mas achei que não irira ficar tão bom, ou que poderia ficar muito parecido. Desisti. Como desisti de escrever tantos outrostextos inspirados nas leituras dos blogs por aí.

E na verdade esse post é mais pra dizer a vocês que não perdem por ir ... mesmo que não seja todo dia, acho que ninguém mais tem tempo de ir seja lá onde for todo dia... Mas vale à pena. E eu acredito que dizer Ni é uma das melhores coisas do mundo. Acredito que ler o Garotas faz bem ao meu fígado. E acredito que se continuar aqui eu termino escrevendo sobre o que eu acredito, mas não posso, tenho que fazer um monte de coisas ainda e acabei de receber um telefonema da psicóloga, me avisando que eu não fui na consulta! Aaaaaaaaaarrrrrrrrhhhhhhhhggggggggg!!!!!

UPDATE - Direto da UESC.

Deu tuuudo errado!!! Primeiro pegamos o 27 só eu e Line, o guri não quis vir conosco... certo ele!!! Ônibus passou já depois do horário e lotaaaado. Sem palavras para descrever o "tijolo demográfico". Só pra terem idéia, chegou ao ponto de quem estava do lado direito do buzu, na frente, ter que dizer ao motô se "dava pra ir" ou se "tava sujo", porque ele não tinha visão do retrovisor da direita. E os comentários: "não dá mais não, não cabe mais não!"... Ai ai...

A técnica de tentar ficar em pé perto de quem não tem cara de universitário nem sempre dá certo. Só no Banco da Vitória (quase meio do caminho) vagou um lugarzinho e a mamãe sentou... e botou o bebê no colo! Claro que teve gente dizendo gracinha. Eu nem liguei. Ela? Não sei, vá perguntar!!! (hahahahaha)

O auditório estava ocupado mais cedo pelo X Seminário de Iniciação Científica, que pra variar atrasou, e usou o tempo do filme!!! A menina voltou pra casa sem ouvir os cavaleiros dizerem Ni! Mas pelo menos voltou de carona... (um amigo da mãe que estava por lá).

Enfim... só rendeu um post, muitas risadas, um chocolate quente na reitoria e alguma frustração!

Nenhum comentário: