30.10.06

Sobre casamentos e brigas

Não me interpretem mal. Ninguém que casou brigou, grazzie Dio.. E os casamentos aos quais não fui foram linnnndos!!! Só vi duas fotos do de Kadija, no álbum do orkut de Cáthia, mas do de Clau... tem a reportagem completa. Com trilha sonora e tudo. E eu fiquei aqui emocionada, bobona, quase chorando, enquanto ouvia Only Time e lia a "reportagem" sobre o dia tão especial.

Mas as brigas não são dos casais, não. Nem dos eleitores. (Pula essa parte.) Ontem à noite, assistindo na TV local ao Rede Bahia Revista, vi cenas terríveis. No jogo de sábado entre Bahia e Ipatinga na Fonte Nova, ao ver o time mineiro dar 2 x 0, os torcedores invadiram o campo, jogaram pedras, soltaram bombas, foi a maior confusão. 40 pessoas saíram feridas e 3 torcedores foram presos (só?). O Bahia deve perder o mando de campo dos próximos jogos e eu cada vez mais percebo que futebol é algo sem explicação.

O que faz uma pessoa arrancar pedaços de cimento com as mãos e atirar em outras? Rostos ensaguentados, pessoas desmaiadas, o portão que dá acesso ao gramado completamente destruído, ambulâncias dentro do campo... cenas deprimentes. A polícia pediu que o jogo fosse encerrado (como se tivesse qualquer chance de continuar) e as ambulâncias entraram pra socorrer os feridos. A câmera tremia com as bombas, dava pra perceber que o cinegrafista estava no meio da confusão.

E pensar que aconteceu tudo isso no mesmo dia, com diferença de poucas horas... enquanto uns celebravam o amor e a decisão de viverem juntos, outros se acabavam num conflito sem noção e sem razão.

Aproveitei pra pensar sobre isso... e sobre as opções que temos a todo instante de escolher o que vamos valorizar, que caminhos vamos tomar e mesmo em meio às circunstâncias desfavoráveis, focar os olhos em algo que nos faça melhores e não meros animais.

Nenhum comentário: