29.11.06

Pronto!!!

Abri as portas de casa pra deixar entrar os amigos queridos e esperados e até mesmo os que não foram convidados, mas resolveram dar uma passadinha. Esse é o tipo de festa em que "penetras" não são "mal-vindos" (desde que se comportem bem, é claro!)






Brindo à casa,
Brindo à vida,
Meus amores,
Minha família...

Atirei-me ao mar,
Mar de gente,
onde eu mergulho
sem receio.
Mar de gente
onde eu me sinto
por inteiro

Eu acordo com uma ressaca,
guerra explode na cabeça
e me rendo
a um milagroso dia!
Essa é a luz que eu preciso:
luz que ilumina a cria
e nos dá juizo
(err... pra que mesmo, hein????)

Voltar com a maré.
sem se distrair.
Tristeza e pesar,
sem se entregar.
Mal. Mal vai passar.
Mal vou me abalar!

Esperando
verdades de criança.
Um momento bom
como
Navegar é preciso
Senão, a rotina te cansa.


(...)
Mar de Gente - O Rappa


Depois do brinde inicial... o monte de explicações.

1. O menino tá fazendo 1 aninho... deveria ser festa de criança, mas festa de criança não começa meia-noite! Mas essa tem justificativas:a) Eu sou impaciente pra certas coisas, e apesar do primeiro post ter sido às 9 da noite, o dia começa agora, então... a festa também. b) O menino já nasceu "gente grande", maduro, falando sério e vivendo situações dramáticas. c) Esqueci.

2. Sem saber como comemorar de uma forma legal, fiquei pensando... e resolvi que pedir a UMA pessoa pra escrever um post especial, seria difícil demais. Quem??? Questão complicada que eu não saberia resolver. Assim... resolvi ser "gulosa" e dividir a comemoração nos meses do ano, aumentando ainda um, já que começaremos em novembro de 2005 e terminaremos em novembro de 2006. Pois foi isso. Mandei um e-mail cara-de-pau a 13 amigos, (alguns blogueiros, outros não) "pedindo" um presente. A idéia era um super-post, colando textos dos 13 amigos.

Dei quase uma semana de prazo, teve gente que respondeu no mesmo dia, outros foram chegando devagar (foi bom, ganhei presente a semana inteira!), e a essa hora (são exatamente 20:20 do dia 28/11) ainda faltam 2. A DDA aqui se atrapalhou, e disse pra alguém: "Só falta você!" e não era mentira nem chantagem ou pressão excessiva (sei que fiz alguma hehehe). Me enganei mesmo. Ainda faltam dois.

Segue o texto do e-mail-pedido:

Subject: O blog tá fazendo um ano...

Dia 29 de novembro. Falta menos de uma semana... e eu queria um presente.
Tá, pode pensar o que quiser, mas achei que podia te fazer esse pedido. Se vc não atender, vai ficar faltando um pedaço...
A idéia é a seguinte:
Um post dividido em 12 partes (uma pra cada mês, e uma escrita por cada uma das pessoas que escolhi).
Não escolhi a esmo, nem tem ninguém sobrando. Uma pessoa pra cada mês, por motivos que EU bem sei, e pode ser que você saiba também. Mas se não souber, não faz mal.
Tô pedindo o "presente" porque acho que tenho essa liberdade com você. Vou juntar todas as partes na terça, dia 28, e publicar o mais cedo que conseguir do dia 29 (logo depois da meia-noite, imagino).
Então... se vc vai topar me dar o presente, confirme, please, e mande seu texto até à noite de terça, ok?
Bom... se algo der errado... fica algum mês sem texto, tem nada, não. Mas eu vou dizer quem foi que não escreveu, viu? (hahahahahaha)
É, essa sou eu. Mas acho que você me conhece o suficiente pra saber que sou assim mesmo, né?
Então... seu mês é xxxxxx . Já tô ajudando com o link, se quiser ler (lembrar) o que escrevi nesse mês.
Faço igual convite chique... RSVP (Repondè se vous plait).

Beijo,

Bel


Entendida como será a comemoração? Continuo com as explicações.

3. Me perguntaram "de que vai ser o bolo?" E eu até separei uma imagem aqui, mas preferi não colocá-la. O bolo vai ser aquele mais delicioso que você já comeu na vida, porque é um bolo de lembrança. Vai ser enorme, porque nossa mente não é como HD de computador que lota e desiste de guardar as coisas. Vai ser lindo, porque é um bolo de gratidão. Gratidão por tudo que envolve o fato de eu parar pra escrever e alguém parar pra ler. Vai render muito e dar pra todo mundo, porque é como amor: quanto mais se dá, mais se tem.

4. Pra beber? Claro que tem coca-cola. Estúpidamente gelada. E de vidro. Uma garrafinha pra cada um, quem quiser mais entra na fila e pega outra. Vai ter vinho também. Pra misturar com a coca, e virar "Porta Aberta", que é uma delícia. Mas quem vai dirigir... manera aí, e bebe só a coca.

5. Até quando dura a festa? Bem... Vai ser um festão... por vários motivos. Primeiro, todo mundo já sabe que eu sou festeira. Depois, tem post até umas horas pra vocês lerem. Cada um num estilo, cada um num tamanho, uns com links pra fotos, outros com links pra posts, músicas, whatever. Sugiro que leiam cada um... tentem os links sem pressa... festa que tem hora pra acabar não presta!!!

6. Em cada post deve ter um comentário meu, e deve ser o primeiro, não sei como vou conseguir fazer isso hehehehe... mas vou tentar. É a minha resposta ao carinho tão grande que recebi dos 13 que representam todos que passam por aqui. Como os Cavaleiros da Távola redonda... "brother to brother, life or death".

7. Aff, acho que agora já chega... Eu até queria dormir um pouquinho e acordar perto da hora de publicar isso, mas fico com medo de "perder o bonde".

Obrigada, pessoas, por virem aqui, por desejarem ler, (e muitas vezes por serem intimadas a ler) e por fazerem minha vida diferente.

Tim tim!!!!

Ah, ia esquecendo... o "painel de fotos" da criança só tem duas fotos... Ó elas aí:

Novembro, 2005


Março, 2006


UPDATE: A D. Faxina mandou ontem um slideshow que não consegui abrir... mas hoje ó ele aí, pra vocês conferirem a criatividade da gaúcha:

Nenhum comentário: