21.12.06

A viagem

Não, não é a novela no "Vale a pena ver de novo", nem a música do Roupa Nova. Muito menos o resultado de um tapa na pantera. Foi a minha, hoje.

Marcada pras 6 da madrugada, eu, boa menina que sou, (esperando não decepcionar o Papai Noel, e que ele me traga um bom presente) acordei 15 minutos antes, tomei banho e comi uma saladinha de frutas. Agora... toca a esperar. 7, 7 e meia... quase 8. Vamos? Vamos. Mas ainda não é rumo a Salvador! Voltando a Itabuna pra pegar um outro passageiro... e antes disso umas voltinhas básicas pela grande cidade de Itajuípe. Coisa pouca. 9, 9 e meia... nós na estrada.

Me joguei no canto do carro, em cima de um travesseiro e apaguei, cansada do dia punk que tinha sido ontem. Ignorando as piadinhas e brincadeiras dos outros três *habitantes* do carro, fui morgando até... Chegar na "Natureza Viva", um restaurante na BR 101, lugar lindo que faz qualquer pessoa agradecer a Deus pela "natureza viva". (As fotos provam que eu não estou mentindo.)



Um caldinho de sururu maravilhoso, acompanhado de uma coca, claro... e só pra quebrar o clima, a noticia de um acidente na estrada, ali perto. Juro que achei qaue fosse exagero o que diziam. Antes fosse. Minutos depois, passamos pelo local do acidente... O espírito de fotojornalista me fez saltar do carro e ir olhar... e fotografar. Não recomendo a ninguém ver as fotos, mas quem tiver estômago e quiser, peça que mando via e-mail.

Poupo vocês dos detalhes, dos quais eu não fui poupada. Só pensava que do jeito que foi aquele carro, podia ser o nosso. Como foram aquelas pessoas, podíamos ter sido nós. Como sofre agora aquela família... poderia ser a nossa a sofrer.

O impacto foi tão grande no emocional de todos que passaram por ali, que o motô da nossa ranger "zero", levou quase 7h para fazer a viagem de 400 Km, que normalmente faz e menos de 5.

É, a vida é mesmo frágil, "um sopro", como disse Davi. E agradeço a Deus poder estar viva, poder amar os meus, ter os amigos por perto, ter essa família maravilhosa que me acolhe aqui na cidade de São Salvador, e onde me sinto "pertencente".

E, com muita alegria, encontrei uma casa bem "natalina", e deu até pra me animar!!!

Photobucket - Video and Image Hosting

Amanhã vamos ao Pelourinho, e de lá assistir um coral de crianças na praça da Sé. É, como disse a Karine, o dia que parecia começr num inferno, termina no paraíso!!!

Nenhum comentário: