19.1.07

Imagens, imagens...

Não sei quantas pessoas tem costume de andar pela feira. Sim, feira-livre, aquele amontoado de barracas semi-organizado, onde os produtos são encontrados seguindo uma lógica que minha cabeça de DDA se sente incapaz de compreender. Eu não gosto. Normalmente sinto nojo do chão sujo, aquela água preta sempre escorrendo só Deus sabe de onde... não gosto mesmo. E nem de comprar nada sem uma balança decente. Há sempre a sensação de que estou sendo roubada, pode ser preconceito ou sei lá o que. Mas não gosto, não me sinto bem, não vou.

Semana passada me vi no "Mercado de São José", em Recife, e na feira do seu entorno. Procurando uma (ou várias) sacola (s) de feira. Hã? É isso mesmo. Ela tinha que fazer um projeto de uma sacola de feira pra D. Nenê da Grande Família. E pra isso, precisava pesquisar o que já existe: modelos, preços, etc. E vamos nós, de câmera na mão, fotografar sacolas e "Donas Nenês" pela feira.

Mas as imagens a que me refiro agora são outras. Barraquinhas com chás, perfumes, temperos... um universo de folhas, raízes e frutos que me fez até esquecer o quanto não gosto daquele ambiente. E divido com vocês... a saudade que me deu daquela manhã de calor, com sol mais do que forte, que nem o bloqueador solar FPS 30 impediu de nos deixar queimadas.


Nenhum comentário: