1.2.07

"Caneta do mar"

Outro dia revivi o prazer de encontrar uma. Deu saudade das noites em que íamos pra praia e na areia molhada eram desenhados corações e revelados segredos (que depois se tornariam armas entre os primos).

Muito tempo depois, foi que eu soube que a minha preciosa caneta eram um tipo de "semente" da vegetação do mangue, que ao se fixar na areia dá origem a uma nova planta. E quem disse que eu me importo em saber qual a "função primeira" dela? Pra mim será sempre só uma "caneta de mar"...







Ah... Tem gente de aniversário hoje! Parabéns pra você, criatura, que briga comigo por tudo e por nada, que me faz rir e me faz pensar, que reclama do tamanho dos posts, diz que não lê... mas depois comenta. É, você é importante e presente. Agradeço a Deus por você existir!

Nenhum comentário: