22.4.07

Domingo Musical

Como ontem dormi cedo (antes das 22h) e antes de dormir ouvi músicas que me fizeram relaxar e rever muita coisa dentro de mim (também foi uma terapia!), vou repartir com vocês algumas delas. (Pra ouvir, nem precisa fazer download, basta clicar no link e dar play.)

A que ficou no repeat por mais tempo foi Meu Jardim, com Vander Lee.

Tô relendo minha lida, minha alma, meus amores
Tô revendo minha vida, minha luta, meus valores
Refazendo minhas forças, minha fonte, meus favores
Tô regando minhas folhas, minhas faces, minhas flores

Tô limpando minha casa, minha cama, meu quartinho
Tô soprando minha brasa, minha brisa, meu anjinho
Tô bebendo minhas culpas, meu veneno, meu vinho
Escrevendo minhas cartas, meu começo, meu caminho

Estou podando meu jardim
Estou cuidando bem de mim

Essa canção diz tanto do meu momento, que nem sei como comentá-la. Cada palavra, cada expressão, é bem minha realidade HOJE.

Os verbos são densos e profundos: RELER. REVER, REFAZER, REGAR, LIMPAR, SOPRAR, BEBER, ESCREVER, PODAR, CUIDAR. Alguns se referem ao passado, de maneira explícita. Outros, fazem do presente um início de futuro, partindo desse passado. Minhas forças, minhas fontes, meu caminho dependem da minha alma, minha vida, minha luta, meus valores. Não nego minhas culpas ou meu veneno... mas quero limpar minha casa, minha cama, meu "quartinho", aquele no qual somente eu tenho acesso. E quer ter o direito de escrever meu novo começo, meu caminho... podar meu jardim e cuidar bem de mim.

Pra completar a seleção musical, Gerânio, com Marisa Monte, Lisbela, com Los Hermanos, Paciência, com Lenine e Zeca Baleiro, Caminhos Cruzados com João Bosco e Amplidão, com Elba Ramalho. E assim vai meu domingo, sem parque, mas de alma limpa, e feliz porque mais tarde ela também vai viver a experiência de olhar (mesmo de longe) aqueles olhos cor-de-ardósia! (Thanks pela força, Sra. Rosa... Espero retribuir, um dia, breve, breve!)

Nenhum comentário: