30.5.07

De volta às aventuras no 27 e às aulas


Somente agora coloquei os pés no chão de verdade. Desde que voltei às aulas depois do "recesso forçado", estava indo de carro. Mas hoje voltei à rotina de pegar o 27. Levemente animada pelo fato de não ir no horário de pico, (só teria aula às 16h), esperei mais de meia hora o bendito. Passou já lotado, e eu que pensava revisar a prova de marketing durante a viagem... não consegui nem sentar. E o cheiro... ai meu Deus, o que eu fiz pra merecer isso???

Não sei o que é pior, a sensação de não ter um espaço decente pra estar, o aroma que rescende por todos os lados, ou as conversas que se TEM que ouvir. Hoje foram dois homens (me recusei a olhar pras caras) que falavam sobre a mulher de um terceiro, amigo de ambos, que tinha "engalhado" a cabeça do marido. Bom, o "interessante" da conversa é que o tal marido, segundo eles mesmos, tava mais do que merecendo, pois tem mais-de-não-sei-quantas "filiais", fora as "da vez". Só que ele descobriu a "pulada de cerca" da mulher e armou o maior barraco, com aquelas tradicionais frases rodriguianas, e foi uma das "filiais" que desapartou a briga. Pode?

Tentei abstrair até chegar na uesc, que é praticamente o ponto final, em dúvida se estava mais sonada ou tensa por conta da prova que faria em seguida. Corredores vazios de gente da minha turma, já que apenas 3 estariam lá pra fazer a 2a. chamada. Mas cadê o prof??? Quase meia hora de atraso e a criatura chega. Com a cara mais lisa pergunta: "Qual é a disciplina de vocês, mesmo?" Ai ai ai... distribui as provas (iguais às primeiras) , sai da sala, mas ninguém "consulta" nada.

Confesso que esperava outra prova, mais difícil (normalmente professor não gosta de fazer 2a. chamada, e "bota pocando") e também não estava confiando muito na minha memória. Antes de sair de casa, pedi ao filhote pra "tomar minha lição" que nem menino pequeno. Foi um misto de eu sei que sei com eu sei que não lembro. Mas na hora H... as palavras fluiram, e se não for 10, (ele pediu 2 conceitos de Marketing e eu só sabia 1) vai ser perto disso. Deus teve misericórdia da minha cabeça DDA e saí da sala aliviada, feliz e tranquila porque além de tudo ele adiou a apresentação de um seminário para a próxima semana, em vez de amanhã. É, eu devo mesmo ter um amuleto, como alguém me disse hoje...


Cara de feliz, saindo da prova (by Aline)

Nenhum comentário: