20.5.07

Não-post

Já fazia tempo, né? Pois, hoje é dia de não-post.

Morrendo de vontade de escrever, mas aquela minha amiga traíra, a Dona Inspiração resolveu passar o fds fora, e nem me avisou. Cabou que eu fiquei aqui... meio sem ter o que fazer, meio enrolando a mim mesma com o infame Referencial Teórico que ainda não saiu... e fico aqui, com "insônia bloguística" rolando de um lado pra outro, sem escrever e sem ir embora.

Resolvi repartir com vocês a insônia, como aqueles parceiros bem legais que acordam o outro pra dizer: "não tô conseguindo dormir"... (A bem da verdade, nessas horas, ser acordado até que é bom.)

Então... devia ser proibido "sair todo mundo" no fds - incluindo a Dona Inspiração - e a gente ficar. Se ela fica, pelo menos a gente tem o que fazer. Mas sem ela... é duro. E não quero comentar mais nada sobre meus DVDs novos, senão termino apanhando. Aí, falar o que?

Ah, dar as boas notícias:

1. Minha "licença médica" acabou de verdade. Isso significa que tenho que estudar a prova de Mercadologia, e na terça passo o dia todo na facul, já que tenho orientação do TCC pela manhã e reunião com as "Problemáticas mas Criativas" à tarde. Peraí... isso é "boa notícia"? Ah, tem que ser, né? Ficar em casa trancada, ninguém merece, muito menos eu, que segundo a Márcia sou "saracoteante".

2. Comprei um chip da TIM (quero ganhar pela propagandaaaaa) pro meu nokia velhinho, pra poder falar a 7 centavos o minuto com o casal de velhinhos fofos, a quem eu "dei de presente" (pra eles pagarem) um celular. Não aguentava mais ficar desesperada procurando os dois quando saiam de casa sem dizer pra onde. Aos 83 e 78 anos, um casal tem que ter juízo na cabeça, além de cabelos brancos, não concordam? Bem esse chip básico, me deixa falar a 7 centavos com os EUA e com a Alemanha... uhúuuuu!!! Então, favor as lindinhas mandarem pro meu e-mail os números dos respectivos fixos, porque agora temos chance de um papinho melhor, em "tempo real" real. Mas dá pra acreditar que pra Pernambuco a tarifa é 10 vezes mais cara??? E não é piada, não.

3. Estou quase terminando de ler "A menina que roubava livros". E continuo recomendando. Vale meeesmo à pena. Está na categoria do "É triste, mas é lindo". Que nem o "Caçador de Pipas".

Bom, responsabilidade cumprida, tem post no ar. Apesar de ser não-post.

Nenhum comentário: