18.6.07

Dia branco e líquido

Se eu fosse mudar o layout do blog a cada vez que mudasse o humor... seria como a Geórgia falou: as 4 estações num dia só. Hoje o dia começou até razoável, mas depois Papai do Céu abriu a torneirinha lá de cima, e haja derramar água nessas ruas com bueiros entupidos, e que alagam em um minuto. (Nem vou colocar foto da minha rua alagada, que já virou lugar-comum!)

Ainda bem que não precisei sair pra nada, fiquei morgando, indo do pc pra cama, enrolada como um casulo, tentando esquecer o frio. Aproveitei pra comer um monte de brigadeiro de colher, na cama com o filhote assistindo "Coração de Cavaleiro" na Sessão da Tarde, rindo e lembrando do arranjo de "We are the champions", e tendo certeza que We are the champions mesmo. Apesar da falta de grana, das agonias várias, eu olho em volta e vejo que há vitória.

Ontem, no culto, pude sentir bem lá no fundo do coração a alegria de ter a vitória nas mãos, não por mim mesma, mas por Aquele que está em mim. E existem coisas que não se sabe explicar - ou mesmo que não se deve nem tentar - mas é necessário que se registre, da mesma forma que se vomita as coisas ruins!

Vi pessoas tomando decisões importantes em suas vidas, (inclusive eu), e quando cheguei em casa, constatei (via net) que Deus responde orações, mesmo no outro hemisfério! E que pra Ele não faz diferença se você vai à igreja ou não, desde que vá a Ele.




Nenhum comentário: