8.10.07

Por uma causa mais do que justa...

Estou de volta, mas não "de volta", se é que me entendem.

Hoje é dia 8 de outubro, e não dava pra deixar de postar, mesmo com tudo que tem atordoado minha cabeça e minha vida, o dia de hoje não poderia passar "impune".

O motivo é ela. Esta foto foi feita exatamente há um ano atrás, no nosso primeiro minuto juntas "ao vivo". Numa dessas histórias que mais parecem de filme ou novela, nos conhecemos pelos nossos blogs, passamos pro orkut, msn, telefone, sms... e finalmente pudemos dar aquele abraço gostoso que a gente só dá em quem realmente se gosta.

Ela passou pouco mais de 2 dias aqui em casa, mas valeram por umas boas férias. Rimos muito, tagarelamos mais ainda, fotografamos horrores, e ficou a certeza de que ainda nos encontraremos outras vezes.

Comemoramos na mesa de jantar os "5 anos" dela, (era a única vela disponível, "herança" dos 15 do meu guri)e ficamos de papo a madrugada toda, já que ela chegou depois da meia noite.

Não planejei fazer isso exatamente nesta hora, mas foi exatamente na madrugada de um ano atrás que estávamos sentadas à mesa, tentando (sem sucesso) colocar a conversa em dia. Incrível, nunca acaba o assunto, seja pelo msn, pelo orkut ou via e-mail.

Hoje tentei ligar, mas o celular dela estava "indisponível ou fora de área". Blargh! Vou me contentar em dizer por aqui o quanto gosto da preá... que é tão diferente de mim, e às vezes tão igual.

Nos últimos dias estamos nos encontrando em doses homeopáticas, por conta da minha mono e do novo emprego dela. Mas isso não significa que estamos distantes. Eu queria ter feito tanta coisa pra celebrar esta amizade... mas terminei sendo mais "péba" do que eu pensava que fosse... e falhei até com quem contou comigo para um presente especial. Sorry, baby... não tenho como me justificar, e por isso nem vou tentar. :(

Desejo a você tudo de bom nessa vida, minha amiga. Que seus sonhos se tornem reais, que suas dúvidas deixem de existir, que sua coragem e força cresçam a cada dia no meio das batalhas, que seu coração seja cada vez mais cheio de amor, que suas certezas sejam sempre coerentes com seus pensamentos e suas crenças, que seus queridos sejam sempre presentes, que você seja muito feliz... é só uma pequena parte daquilo que te desejo.

O presente já está no meio do caminho, pode ser que não chegue aí pelas mãos de Yago por motivos técnicos alheios à nossa vontade, mas o correio existe pra isso mesmo, e não demora, visse?


Adorei receber a foto do teu bolo "em primeira mão" (aliás, como sempre), fiquei toda besta por saber que você gosta de dividir os acontecimentos comigo, assim como eu gosto de fazer o mesmo com você.

E que nossa amizade continue assim, limpa, clara, livre, sem frescuras, cheia de respeito às diferenças, e cheia de bons desejos de parte a parte.

Feliz aniversário, mulher! Porque tu merece!!!

Nenhum comentário: