13.11.07

Rebelde sem(?) causa

Nem sei o que foi que deu em mim pra aquele post de ontem (ou anteontem, sei lá!)

Quem vê, parece que estou numa fase de grandes sonhos, mas de fato estou é com medo de uma bela deprê, apesar da sertralina. Eu sei, eu sei... encerrar uma etapa, não saber o que vai ser da vida daí pra frente, falta de grana... tudo isso assusta, estressa, deixa a gente quase pirando, não preciso que ninguém me diga que é normal. Aliás, a pior coisa quando se está falando dos próprios problemas, é a pessoa que ouve, responder: "Ah, isso é normal!" ou então"Você está se estressando/preocupando/sofrendo por nada!"

Como assim, Bial? "NADA"??? Se na sua cabeça meus estresses/preocupações/sentimentos são "nada", certamente, para mim, você inteiro(a) vai passar a ser "nada", imediatamente. (ou quase).

Eu devo estar mesmo numa TPM braba, brabíssima. Com o relógio biológico completamente atrapalhado, trabalhando e estudando no pc durante a noite/madrugada, e dormindo a sono solto no meio da manhã e no meio da tarde. Com fome mas sem apetite, de mau humor e me sentindo triste por me sentir sozinha, com a sensação paradoxal de que não quero nem ver ninguém.

Imagino que a espera pelos pareceres sobre meu TCC deva influir também nesse estado aflitivo. Pelo menos, essa parte tem prazo marcado pra acabar. Era pra ser dia 15, mas como é feriado... deve ser somente dia 19. Aliás, esse dia 19 tem tudo pra ser um dia marcante (espero que de maneira positiva!) O Coral da Clave de Sol vai cantar no Shopping de Itabocas, às 19h. Isso me dá algumas horas de sublime abdução (ou abstração, vá saber), enquanto me envolvo com a música. Se bem que ontem, nem o ensaio me levantou... a coisa tá séria mesmo.

Fiz inscrição para o concurso REDA da UESC, nível médio, área administrativa... ninguém me pergunte se eu esperei me formar comunicóloga pra depois fazer concurso de nível médio, que toma uma sapatada na cabeça, igual às que Nair Belo dava. Diga se não é melhor do que continuar a me dar prejuízo, enquanto aguardo coisa melhor? O salário nem é lá essas coisas, mas só o fato de ter algo certo todo final de mês... ah, eu tô precisando, e como!!!

Minha cabeça está fervilhando de planos, que envolvem trabalho, estudo, e mais mil coisas... mas lembro do que dizia Saló, o grande sábio: "O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem do Senhor." Então, estou esperando a "resposta certa".

E agora me pergunto: Que post descompensado é esse??? Ah, e pra que é que eu tenho que responder???

Nenhum comentário: