10.1.08

Ciclo

Sol "morrendo" na Baía de Todos os Santos

Lembrei da música-tema do "Rei Leão"... que se referia à vida como um ciclo, e a comparava ao sol. Era mais ou menos assim (se a memória não me trai):

"Desde o dia em que ao mundo chegamos
Caminhamos ao rumo do sol
Há mais coisas pra ver,
Mais que a imaginação,
Muito mais que o tempo permite...

E são tantos caminhos pra se seguir
E lugares pra se descobrir
E o sol a girar sob o azul deste céu
Nos mantém nesse rio a fluir...

É um ciclo sem fim que nos guiará
À dor e à emoção, pela fé e o amor
Até encontrar o nosso caminho
Nesse ciclo, nesse ciclo sem fim."

Eu sei que desde Galileu que se sabe que é a terra que gira em torno do sol, mas a figura poética do "caminho do sol" que nasce timidamente, cresce até seu apogeu e depois vai morrendo, é belíssima. E esse ciclo é que nos garante a esperança de sempre recomeçar... e deixar pra trás o dia que passou, com suas dores e tristezas, esperando a alegria que vem pela manhã, mesmo que o choro dure toda a noite. (Salmos 30:5)

Tenho desejado ardentemente que o novo dia chegue, me enxugando as lágrimas que teimam em cair, mas parece que a contagem do tempo pra mim não está sendo completamente fiel a "dia" e "noite". Sei que a tempestade vai passar, sei que o sol vai nascer, mas estou, como o salmista, ansiando pelo nascer do sol como um soldado que espera o fim da escuridão e aquele que vem lhe "render" no posto. Que vontade de dormir e acordar com os problemas resolvidos, com as soluções encontradas, com a manhã chegando e trazendo um dia claro no meu coração!

Sei que não estou pedindo demais, desejando o amanhecer... mesmo porque outras noites (escuras) chegarão, é o ciclo. Mas, de verdade, queria uma manhã clara chegando "di cum força" pra mim!!!

*******************

Respondendo...

Rodrigo: É de dar inveja mesmo, mas um dia vc vê ao vivo! ;)

Carol: Literalmente!!! kkkkkkkk Sabe que nem dormi melhor??? Sacolinhaaaaa!!!

Priscila: Ah, já passei por isso, virar o verão em sala de aula... ninguém merece!!! Bjo!

Márcia: Uêbaaaaaaa!!! Você apareceu!!! Tava morrendo de saudade. Ainda estou esperando e-mail. Bjoooo

Nenhum comentário: