27.1.08

O gato

Saí de casa pouco depois do meio dia pra pegar o casal de fofonildos pra almoçar. Durante o trajeto até o Pontal, ouvi um barulhinho estranho no carro, parecia algo rangendo, fininho... demorei um pouco até perceber que devia ser um miado de gato. E bebê.

Quando paramos, a alguns metros do restaurante (muitos carros estacionados), fui abrir o porta-malas pra procurar o dito cujo, que não parava de miar. Me espantei com minha reação, pois me subiu um súbito nojo, uma agonia, sei lá... algo que me impedia de estar em meu estado normal, e verificar a origem dos miados. Mas encarei a anti-vontade e levantei a porta, pra não encontrar nada!

Como assim? Miados cada vez mais fortes, mas nada de gato??? Seria possível que ele estivesse embaixo do carro?? Um senhor, maltrapilho, que passava, perguntou o que era, e se ofereceu pra entrar debaixo do carro e verificar. O bichano estava entre o estepe e a lataria do carro. O moço puxou, mas a criaturinha saiu correndo pra debaixo do carro de novo.

A essa altura eu gritava e sapateava de nojo, de olhos fechados, sem a mínima condição de encarar o gatinho. Não sei o que se passava em minha cabeça, só sei que foi muito ruim. Eu pensava em algo asqueroso, nojento, melado...

Por mim, eu deixaria o trequinho embaixo do carro mesmo, mas o moço resolveu que ia tirá-lo. Só que olhou tudo, e não via. Só continuavam os miados. Dedução lógica: ele entrou no motor. Lá vou eu, abrir o capô do carro. Aff... A cena a seguir deveria ter sido filmada. E eu era a atriz principal. O moço tentou pegar o gatinho, que ia escapando, e foi agarrado pelo rabo, e "rodado" pra longe! Nisso eu sapateava e gritava, sem qualquer controle. (Mas gritava baixo, eu acho).

O gatinho, preto e branco, saiu correndo e graças aos céus nunca mais o vi. Ânimos acalmados, entramos no restaurante, pra encontrar de cara um casal de tios e um primo. "Era você que estava dando aquele escândalo por causa de um gato???" Ai ai ai... Pior do que ter acontecido, foi ter sido visto por alguém conhecido!!! Isso só acontece comigo!!!

Nenhum comentário: