3.2.08

Cinema em casa...

Da última vez que falei sobre cinema e filmes que assisti, comentei que estava esperando "Meu nome não é Johnny". Pois é, não fui no piratão comprar (aqui eles mudaram de lugar, e agora ficou ruim pra ir no tal "shopping popular", não é mais no meio do calçadão) mas baixei no e-mule.

Ah, essa de baixar no e-mule rende história... a primeira foi quando tentei baixar Prison Break e no arquivo com o nome do seriado veio um filme pornô de 17ª categoria. Depois, baixei um arquivo chamado "Meu nome não é Johnny - ótima qualidade.avi" e veio um "Show histórico de Calcinha Preta". Mas como eu sou brasileira e não desisto nunca (nem aprendo a baixar pelo Torrent), baixei de novo o filme que queria assistir, e dessa vez veio certo.

Só que eu não percebi que depois do nome do filme tinha "CAM". Isso significa, vim a saber com a experiência adquirida, que foi gravado com uma handy cam no cinema. Logo no começo deu pra perceber a movimentação da mão, a procura do foco... mas nada se compara a uma pessoa levantando na frente da câmera... e voltando depois. Huahuahuahuaaaa!!! Sem contar as risadas do público... que faziam a gente rir ainda mais da situação. Decididamente a experiência de assistir em casa filme gravado no cinema... eu passo!!!

Pequeno detalhe: Depois de começarem a rolar os créditos, aparece uma cena de um adolescente com o rosto parcialmente encoberto por um leque de notas de R$50,00 e R$20,00, dizendo: "Pirataria não é crime. é um modo de sobrevivência." Pode??? E ele disponibiliza no e-mule... tá "sobrevivendo" como???

Mas falando sobre o filme... Gostei. Queria dizer mais, comentar... mas não sei por que dona inspiração deu tchau e desistiu de passar a noite de domingo comigo. Então, me limito a recomendar... e só.

Nenhum comentário: