12.2.08

Documentando...



É, eu não tenho jeito mesmo. Tenho o vício de cortar o cabelo. Nem adianta elogiar por ele estar comprido, (viu, Geo?), quando dá a louca (que dá todo mês, invariavelmente) eu corro no salão de Cacau, e... como diz Aline, "fico sempre igual".

Ah, nem sei explicar, me sinto diferente, mesmo mantendo o cabelo do mesmo jeito. Se não cortar, é como se fosse acumulando mesmice, e isso não é comigo. Mexer, mudar, mudar sempre. Por dentro e por fora. Esquecer e arrancar o que for de ruim, e tentar melhorar o que for bom.

Hoje não tenho muito o que falar, não... e acho que tive uma queda de pressão, ou o corpo está tentando repor todo o sono que não dormiu nos últimos meses. O fato é que estou tontinha, quase sem aguentar o peso da cabeça. Então vou ali, deitar.

Nenhum comentário: