9.2.08

Perguntas feitas a crianças

"COMO DECIDIR COM QUEM SE CASAR?

Precisa procurar alguém que gosta das mesmas coisas que você. Se você gosta de futebol, ela também deve gostar quando você assiste futebol e assim ela te traz batata frita e cerveja.
Alfredo, 10 anos (que tem razão...)

Ninguém decide sozinho com quem casar. Deus decide por você, muito tempo antes, e você tem que entender.
Cristina, 10 anos (também deve ter razão...)


QUAL É A MELHOR IDADE PARA CASAR?

A melhor idade é os 23, porque assim você conhece o teu marido pelo menos há 10 anos.
Camila, 10 anos (???)

Não existe a melhor idade para casar. Tem de ser muito estúpido pra querer casar.
Fernando, 6 anos (com certeza já teve más experiências...)


QUE TÊM OS TEUS PAIS EM COMUM?

Que não querem ter mais filhos.
Ana, 8 anos (ahahah)


O QUE FAZEM AS PESSOAS NUM ENCONTRO?

Os encontros são para se divertir e as pessoas devem aproveitar para se conhecer melhor. Até os meninos têm coisas interessantes para dizer se prestamos bastante atenção.
Luísa, 8 anos (Onde foi buscar esta? Da mãe, com certeza!)


No primeiro encontro, contam-se mentiras interessantes para conseguir um segundo encontro.
Martim, 10 anos. (Sem comentários)


O QUE VOCÊ FARIA SE O PRIMEIRO ENCONTRO NÃO DESSE CERTO?

Iria para casa e faria como se estivesse morto. Então telefonaria para os jornais e mandaria publicar que morri.
Carlos, 9 anos (Eu também faria isso)


QUANDO SE PODE DAR O PRIMEIRO BEIJO?

Quando o homem é rico.
Pamela, 7 anos (loira?)

Quando você beija uma mulher, tem que casar e ter filhos com ela. É assim a vida.
Henrique, 8 anos (lamentavelmente é assim, Henrique)


É MELHOR SER CASADO OU SOLTEIRO?

Para as meninas é melhor ficar solteiras. Mas os meninos precisam de alguém que limpe...
Anita, 9 anos (uma das melhores frases!)

E por fim...
A MELHOR DE TODAS:


O QUE TEMOS DE FAZER PARA QUE O CASAMENTO TENHA SUCESSO?

Temos que dizer à mulher que ela é linda, mesmo que pareça um caminhão.
Ricardo, 10 anos (O número 1, indiscutível)"

Recebido por e-mail, não necessariamente reflete minha opinião, mas me rendeu muitas gargalhadas; espero que tenha o mesmo efeito para vocês.

Um comentário:

Fabricio Bezerra disse...

Muito engraçado mesmo, e difícil encontrar nas pesquisas do google.