22.4.08

Ah...



"Toquem os acordes, avisem aos mal-humorados, estou chegando para falar de amor.

Estou chegando com brilho nos olhos para ofuscar os invejosos. E com sorriso no rosto, para incomodar os infelizes.

Adeus tristeza! Arrume suas malas, é hora de seguir viagem. Solidão, você é peça da estação passada, roupa que não uso mais.

Avise a natureza que hoje o dia amanheceu mais bonito. Mandem chamar os pássaros, quero que eles cantem a minha canção de amor. E que as borboletas dancem e festejem a minha alegria. Avisem ao sol que hoje ele está de folga pois a minha luz iluminará o mundo. E mandem as estrelas mudarem sua formação, nada de constelação disso ou daquilo. Todas formarão um imenso “eu te amo” no céu esta noite.

E por falar em noite... Hoje durmo fora, vou para lua. De lá, eu e ele, abençoaremos a Terra com o nosso amor.

Ah avisem aos fofoqueiros que hoje estou feliz! E que minha felicidade se espalhe e germine em cada coração, como semente em solo fértil.

Então, que me perdoem os mal-amados... Hoje sou felicidade, sou vida, sou amor!"

(Waleska Zibetti, mas podia ter sido eu!!!)


"...se já perdemos a noção da hora,
se juntos já jogamos tudo fora,
me conta agora como hei de partir...

Se ao te conhecer,
Dei pra sonhar, fiz tantos desvairios,
Rompi com o mundo, queimei meus navios,
Me diz pra onde é que inda posso ir..."

Nenhum comentário: