31.8.08

Morre, danada!

Foi-se a saudade, e em seu lugar, ficou uma alegria imensa de estar no meu lugar: teu abraço.

Nenhum comentário: