4.8.08

Vidinha nada monótona

Eu sempre disse que não suporto rotina, e minha vida pode ser TUDO, menos monótona. Não estou reclamando, é só constatação.

Estou de volta ao trabalho, depois de duas semanas de molho, e já cheguei com 483 pepinos pra descascar. Mas, sabe que deu um gostinho bom saber que meu número é bem recebido quando toca nos celulares de "gente importante"???

Sábado tive a surpresa de não encontrar minha câmera na bolsa, quando cheguei em casa. Foi uma sensação estranha de perda, e de culpa (por que não coloquei na case logo???) e ao mesmo tempo de esperança que tivesse caído no chão atapetado do teatro, e ainda estivesse lá... Mas depois de ir lá com Namorado no domingo pela manhã (fechado), tentar falar por telefone, e ir procurar ao vivo hoje cedo... NADA! Sou novamente uma militante do MSC (Movimento dos Sem Câmera).

Estou ainda esperando cair a ficha (ou engolir a unidade, ou comer o crédito, whatever), mas na verdade acho que foram as decisões tomadas bem na hora que descobri que estava sem a câmera que não me deixaram nem ficar triste.

Sim, vocês querem saber quais foram? Nananinanãaaao! Ainda não dá pra contar. Só que é coisa muito boa, e que me deixou ainda mais feliz.

Mas, enfim, o Projeto 365 dias está um tanto quanto prejudicado, ainda não decidi o que vou fazer com ele, se interromper a contagem, ou se simplesmente considerar dias perdidos, sei lá. Enfim, está oficialmente suspenso, pelo menos na parte prática.

Fora isso, a cabeça ainda está fervilhando de planos pessoais e profissionais, e a cabecinha DDA está quase pirando. A grande vantagem é que dessa vez tem Namorado com toda a sua calma e racionalização pra segurar meus vôos, como quem empina uma pipa: dando linha, mas mantendo na direção certa. É bom demais ter essa segurança!

Nenhum comentário: