3.11.08

"Amor, veja isto"

Estou acostumada a ouvir minha mãe dizer que "o computador isola as pessoas", pelo simples fato de que ela NÃO QUER se aproximar do computador, e acha um absurdo que eu passe um tempo considerável diante dele. Às vezes eu até concordo, especialmente quando vejo o filhote grudado nos jogos on line, mas gostei de ler este artigo do IDG Now.

"A conexão à web doméstica permite um novo laço que a consultoria chamou de "Amor, veja isto!" - 52% dos entrevistados afirmou que fica online ao lado de parceiros ou filhos para ver conteúdo online."

Pelo menos aqui em casa isto é real. Experimento este "novo laço" com o filhote e com Namorado. Seja numa reportagem, num vídeo no youtube, ou em algo recebido via e-mail. E olha que em todas as situações, cada um tem seu próprio PC, e não raro sentamos dois olhando para uma tela só. Isso além de ficarmos em contato constante por e-mail ou gtalk (msn caiu em desuso).

Não é mentira dizer que aqui em casa a tecnologia aproxima, e não afasta. Bendita seja!

Nenhum comentário: