20.1.09

Por que não falar sobre Obama, Gaza e outros assuntos do momento

Porque eu escolhi escrever para ME satisfazer e não para obedecer à agenda setting* e ao que a mídia (grande ou pequena) coloca no topo da lista.

Não recebam isto como um descaso ou desconsideração. É que um grande número de blogueiros encara o ato de escrever como algo intrinsecamente ligado ao leitor e ao que ele espera ler. Eu não. Este blog é ligado a mim primeiro. E se alguém quiser ler, eu deixo.

Tenho lido en passant alguns blogs via GReader, e já estou na fase de passar por cima ao perceber que o assunto é a posse de Obama (com olhares esperançosos ou céticos) ou o horror em Gaza. Da mesma maneira que fiquei quando o foco dos holofotes estava sobre os assassinatos de Isabela Nardoni e Eloá Pimentel. [Inveja] Nem da Campus Party eu quero ouvir falar agora. [/Inveja] Gente, isso CANSA. E já basta o Jornal Nacional e os sites de notícias. Eu não vou aqui no meu blog PESSOAL ficar fazendo resenha política. Quem esperar isso, é só olhar o xis ali no cantinho, pedindo pra ser clicado!

E nem acho que eu seja uma pessoa alienada. Pelo contrário. Gosto muito de ler, não somente na net, mas jornal e revista de papel, além dos livros. Gosto de estar informada e me sentir pronta a responder ou comentar sobre o que acontece na cidade, no estado, no país e no mundo. Mas daí a TER que escrever sobre as coisas que todo mundo já sabe e com as quais já está sendo bombardeado via TV e internet todo dia... é outra história; essa é uma escolha que fiz e até aqui tem se mostrado interessante, pelo menos para mim.

Aqui no meu blog eu tenho vontade de falar de amor, de arte e de sonhos. De compartilhar, de dividir a vida e de sorrir ou chorar, conforme o o coração mandar. De mostrar fotos e cantar canções que contem como a vida é, como a minha vida é.

Já se vão mais de três anos escrevendo e deixando ler, e quando olho para trás, tenho orgulho dessa minha casa virtual que abriga essencialmente minhas idéias e sentimentos. Já pensei muito em adquirir um domínio (até já comprei o www.deixoler.com, mas acho que perdi, nem sei mais o que posso fazer com ele!) mas no fim das contas acho que um blog deve ser um blog e pronto. #prontofalei.


_______________
* "A abordagem da agenda setting, desenvolvida por Mc Combs & Shaw em 1972, e estudada até hoje, é sustentada pela hipótese que as pessoas fazem dos assuntos de suas conversas em função do que a mídia veicula. A proposição da “Espiral do Silêncio”, criada por Noelle Neumann, complementa ao afirmar que os meios não só determinam os temas sobre os quais se deve falar, como também impõem o que falar sobre esses temas. Ou seja, a mídia pautou e continua pautando as conversas do homem. Ela tem o poder de chamar a atenção para determinado acontecimento e enfocá-lo de tal modo que instiga a sociedade a discuti-lo." [Daniele Freitas Rebouças]

Nenhum comentário: