12.6.09

Porque nada deve ser igual…



Ano passado eu aceitei a sugestão da Luciana para a Não-blogagem coletiva do dia dos namorados e fiz um post particular, imprimi e entreguei a quem de direito.

Sei que ele gostou… mas esse ano vou fazer diferente. Mesmo porque, rotina não é mesmo a minha praia. Adoro o Cotidiano, de Chico, especialmente na versão agregada com Você não entende nada, de Caetano, onde um canta a música do outro. Mas só na música. Isso de "todo dia ela faz tudo sempre igual" não é comigo. (Não sem motivo, essa versão que une as nossas duas paixões musicais é bem a nossa cara…)

Então esse ano nosso dia dos namorados já foi comemorado ontem, com direito a presentinhos delicados e show de Zeca Baleiro.

E é óbvio que precisava não somente do registro, como também de aproveitar a oportunidade pra dizer mais uma vez: Amor, minha vida é muito melhor por ter você comigo! Brincando e brigando de brincadeira, rindo e chorando juntos, repartindo conquistas e problemas, aproveitando cada minuto… É bom demais ser sua Namorada. Ou melhor, é bom demais ser SUA.


Nenhum comentário: