9.8.09

Meu querido, meu velho, meu amigo.

Dia dos pais

 

 

 

 

 

 

 

Fui reler o que escrevi sobre ele há dois anos, aqui. (vai lá, vale a pena, eu “escrevi bem!” hahahahaha) E agora ficou difícil escrever, “sujei” a criatividade. Mas não podia deixar de registrar como foi gostoso abraçá-lo de maneira especial hoje, quando fiz uma surpresa, indo encontrá-lo na igreja que ele frequenta. Além disso, nossa relação é mais do que pode ser descrito em palavras, e isso é muito bom, já que ele está com uma deficiência auditiva crescente, que faz com que as palavras sejam até incômodas.

09-08-09 004

Não tenho, como a Jady, condições de preparar um cardápio  especial para ele neste dia, mas, afinal de contas, dia dos pais, como dia das mães ou dos namorados, tem que ser todo dia, não é mesmo?

Nenhum comentário: