21.11.09

Bom tempo

“Um marinheiro me contou
Que a boa brisa lhe soprou
Que vem aí bom tempo.
O pescador me confirmou
Que o passarinho lhe cantou
Que vem aí bom tempo!

Dou duro toda semana,
Senão pergunte à Joana
Que não me deixa mentir.
Mas, finalmente é domingo
Naturalmente, me vingo
Eu vou me espalhar por aí…

No compasso do samba
Eu disfarço o cansaço
Joana debaixo do braço
Carregadinha de amor.

Vou que vou
Pela estrada que dá numa praia dourada,
Que dá num tal de fazer nada,
Como a natureza mandou.

Vou
Satisfeito, a alegria batendo no peito,
O radinho contando direito
A vitória do meu tricolor.
Vou que vou
Lá no alto
O sol quente me leva num salto
Pro lado contrário do asfalto
Pro lado contrário da dor

Um marinheiro me contou
Que a boa brisa lhe soprou
Que vem aí bom tempo
Um pescador me confirmou
Que um passarinho lhe cantou
Que vem aí bom tempo
Ando cansado da lida
Preocupada, corrida, surrada, batida
Dos dias meus
Mas uma vez na vida
Eu vou viver a vida
Que eu pedi a Deus…”

No hospital assisti (de novo) o DVD “Futebol” de Chico. E a cada vez que assisto os DVDs da coleção, descubro uma música “nova”, daquelas que parece que nunca ouvi… e bate fundo no coração.

Dessa vez foi essa, Bom Tempo. Preciso dizer mais nada, né? Vem aí bom tempo

Nenhum comentário: