17.11.09

Quando se pensa que não pode piorar…

Sempre tem mais alguma coisa pra acontecer. Fora tudo que á tenho enfrentado desde junho, quando o filhore precisou operar a coluna, passando pela cirurgia de Mamys, Mel cheia de problemas de saúde pra descontar os oito anos em que ela não deu trabalho, meu 13º vai vir pela metade, eu soube ontem. (A recontratação aconteceu em junho, e os quase 5 meses que trabalhei sem contrato não vão ser considerados na contagem de tempo de 13º e Férias.). Além de tudo, tem o mestrado “travado igual a quem chupou caju”.

Não dá pra detalhar, mas nesse meio-tempo em que Mamys ficou envolvida com a cirurgia e o pós-operatório, Papi de uma somatizada boa e apareceu uma lesão de pele, no rosto. Foi a uma dermato, lá em Salvador mesmo, e ela encaminhou para uma cirurgiã plástica, que pediu 1488 exames, incluindo avaliação de risco cirúrgico. Achei meio demais, já que era pra ser a retirada de um possível câncer de pele, mas algo que é recorrente, e ele tem feito várias vezes, no consultório da dermato mesmo. Ai, no meio dos exames, foi pedido um raio x de tórax, que revelou “alguma coisa que eu não sei o que é” e motivou o pedido de uma tomografia do tórax. Ele fez a tomografia hoje pela manhã, ainda não temos o resultado. (O resultado do exame, pois o resultado pra nós todos é mais estresse!)

Aí quando eu penso que já aconteceu tudo, chego em casa hoje depois do trabalho, e encontro o filhote acidentado. Mariod, quando chegou do trabalho encontrou a criança deitada no sofá, e com a cbeça ensanguentada, sem saber nem como chegou até o sofá. Pelas marcas de sangue no chão do meu quarto, deduzimos que ele estava no meu pc, choveu e ele correu pra fechar a janela e escorregou no molhado, batendo a cabeça no chão.

Cortou o couro cabeludo, não muito, mas o suficiente pra sangrar um bocado e deixá-lo atordoado, acho que ficou um tempinho desacordado. Marido cuidou dele, limpou o machucado, colocou gelo, deu banho frio, e ficou de plantão até eu chegar. Depois que cheguei fui fazer um curativo direitinho, coloquei rifocina, dei um dorflex pra aliviar a dor e uma bandinha de frontal pra ele relaxar e dormir, mas ele estava se queixando de dor de cabeça, além da dor no ferimento. Terminou vomitando, somente bílis, já que estava com o estômago vazio.

Agora está mais calmo, acho até que já dormiu. Eu vim não-dormir aqui com ele, e ficar a postos para qualquer necessidade. Depois de cuidar da parte prática, orei com ele, agradecendo a Deus o fato de, apesar do acidente, ele ainda estar aqui, comigo. Digo isso porque hoje pela manhã aconteceu um acidente com um amigo e a filha dele, que estava na garupa da moto, indo para a escola. Uma caçamba pegou a moto, e terminou passando a roda por cima da cabeça da moça, de 18 anos, a idade do meu filhote. Meu coração ficou pequenininho, apertado, com a dor de Júnior e Tita, que não consigo nem imaginar como estão.

É, acho que agora é esperar o carrinho da montanha russa subir, porque essa descida foi violenta.

Boa noite procês. E boa sorte pra nós todos.


UPDATE: A noite foi cruel. Ele vomitou um bocado. Sentiu muita dor de cabeça (tipo enxaqueca, não no lugar do machucado). Dei remédio pra dor, vomitou. Nescau, vomitou. Suco, vomitou. Só não vomitou quando tomou soro caseiro. Estamos saindo pra ir ao médico. Depois dou notícias. (09:31h),


Nenhum comentário: