27.2.10

Carinho é bom demais

[Vou publicar SEM FOTOS, elas entrarão depois! A conexão está de mal comigho, e quero aproveitar para colocar logo o texto no ar, antes que ela caia de novo!]

Sei que todo mundo sabe, mas nunca é demais repetir: Carinho é bom demais. E apesar de estar em plena lua-de-mel (hahaha = Lucas Lima) não é  do carinho de Marido, que quero falar não, apesar desse também ser bom demais. É do carinho de amigos. Amigos de ontem e de hoje, amigos de perto, amigos de longe, amigos de perto que estão longe e amigos de longe que vieram pra perto,  só por carinho.

Ontem amanheci com um comentário da Vanessa, dizendo que soube do casamento pelo blog da Geórgia. Pois não é que tinha lá um post especial, com vídeo gravado cheio de emoção e tudo? Pois Geo não só escreveu post e gravou vídeo. Ela mal leu meu comentário no post e correu pra me ligar! Um telefonema gostoso, cheio de AMOR, de felicidade por mim, por nós… Aquelas coisas que dão um nó no coração, que é impossível explicar e quantificar. E somente hoje (fiquei sem conexão, vocês lembram!) vi que minha prima Marta escreveu um post especialíssimo, pra nós!

Karol e Felipe que fizeram a falseta de viajar dois dias antes, mas que estiveram presentes em muitos momentos bons e ruins da minha vida, e que, de coração também estavam perto, ligaram, e me fizeram chorar por dentro.

E o que dizer de Flavinha, Dinah e Joaquim, que vieram de Salvador pro casório, os queridos Prof. Elias, Yolanda e Anatércia, que vieram de Itabuna (e ainda me socorreram trazendo assessórios para a decoração), Allan que além de vir de Itabuna ainda foi padrinho e motorista de MArido pra ir pro fórum, e Rê, madrinha que veio de Conquista? Gente, isso tudo pra mim é MUITO CARINHO, e precisa ser registrado.

As fotografias foram um trabalho conjunto de Milena, Tarsila e Renata, (Gabrielle deu uma palhinha também!) que se revezaram com a minha câmera, e ainda se deixavam “dirigir” por mim! Infelizmente não vou poder creditar exatamente as fotos a cada uma delas, mas a todas meu agradecimento, de coração!

Joélia e Joice fizeram os docinhos – simplesmente deliciosos  e lindos, o controle de qualidade ali é federal! – e não só fizeram, mas cuidaram para que fossem bem distribuídos e não faltasse pra ninguém… [Joélia é uma fera, eu só consegui comer UM docinho antes da hora!!!] E os bem-casados, igualmente lindos e deliciosos.

Papai comprou os ingredientes para que Ana fizesse o bolo que eu queria, do jeito que eu queria… e Marcelly confeitou de um jeito que foi mais do que eu queria… Os noivinhos do topo não ficaram de frente, como eu planejei, mas o resultado final foi o que eu planejei: que ficassem bem a nossa cara, e contassem um pouquinho da nossa história.

Line desenhou nós dois para as latinhas das lembrancinhas, me ouviu dar um monte de pitacos,  Rose deu uma  “mexida” e aproximou as nossas caras…

Papi e Mamys, sempre por perto, a cada dia repetindo: “oramos por vocês”… e literalmente nos abençoando na nossa cerimônia particular…

Luiza, Suzana e Vaninha cuidaram de mim (unhas, massagem, cabelo e maquiagem); Everaldo e Nair não somente cederam a Pousada Casa Branca para a recepção, como também cuidaram de um monte de detalhes que permitiram que tudo corresse bem; e sei que estou esquecendo mais um bocado de gente… Deus me perdoe por isso!

Só não posso esquecer de Soraia, que fez DE TUDO para que meu dia fosse lindo e muito mais leve pra mim, e por conta disso não conseguiu nem ver o salão arrumado. Amiga, NÃO TENHO COMO lhe agradecer. Cada gesto seu foi de um cuidado sem tamanho! O datashow, as pétalas de rosas, o frigobar do hotel abastecido, buscar Ana e o bolo, aliás, rodar mais de 100km em um dia DENTRO da cidade… realmente, eu não tenho como agradecer. E minha tristeza foi não ter tirado uma foto com você!!!

Agora me digam se não é pra eu estar tendo uma overdose de carinho??? Cada um que esteve lá, cada sorriso, cada abraço… foi uma injeção de felicidade pra mim. E quem não pôde vir, mas telefonou, mandou e-mail, SMS, enfim, ESTEVE comigo no dia de ontem, foi responsável pela minha felicidade.

Dentre os e-mails, vou copiar aqui o de Cá, que do alto de sua pouca idade, tem uma sensibilidade imensa e representa os bons desejos que nós recebemos de quem nos ama:

Tia Bel, dormi ontem pensando em você, pedi a Deus pela felicidade de vocês dois.
Hoje é seu dia, queria muuuuuuuuito estar aí, só pra compartilhar um pouquinho, só pra ver seu sorriso gostoso, só pra lhe dar um abraço, só pra compartilhar um olhar...
Sinta minha presença e minha energias positivas, porque desde ontem estou conectada a você, enviando tudo de bom.
Desejo que vocês continuem apaixonados e continuem amigos; que sejam mais que marido e mulher, sejam companheiros, amigos e amantes; que, mesmo com o passar dos dias, vc continue esperando ele chegar com a ansiedade do início; desejo que vc sinta saudades, caso ele fique fora por uns dias; e também desejo a rotina, as briguinhas - porque elas trazem a reconciliação; desejo que vc sinta vontade de beijá-lo quando ele faz aquela expressão linda, que só vc conhece; desejo que seu desejo só aumente; desejo que vc sinta, ao fechar os olhos, que encontrou o amor, e faça um agradecimento silencioso por isso.
quando eu casar, é isso que quero sentir. todos os dias. a rotina e o amor.
e desejo tudo isso a você.
beijo.

Depois disso tudo, me respondam: Eu tenho ou não tenho razão de estar agradecida pelo carinho enorme que recebi dos amigos? E aguardem, pois os detalhes tragicômicos do dia ainda virão.

Nenhum comentário: