15.3.10

Já deu tudo certo!!!

Pois é, gente. De um dia pro outro minha vida virou de cabeça pra cima. Saí de casa na quarta-feira decidida a trancar o mestrado, e na quinta recebi a notícia que  havia sido destinada a mim uma bolsa de Pesquisa da CAPES, aquela que ameaçou vir no ano passado e não veio. Eu precisava resolver imediatamente, sob pena de, se não respondesse na sexta, enviando documentos e tudo,  perder a vaga, que passaria para outro colega. Assim sendo, providenciei tudo e hoje recebi a confirmação de que a bolsa foi concedida, e… eu preciso pedir exoneração.

É, foi uma decisão difícil, ainda mais diante de tudo que eu havia planejado... e não vou poder fazer mais nada daquilo. Minha vida mudou de rumo, virou pelo avesso... (ou pelo direito)  mas  foi daquelas coisas que não podiam esperar.

Não dava pra falar antes, porque eu precisava ter a  certeza de que tudo daria certo (quanto certo na mesma frase!) e também porque não tinha conseguido conversar direitinho ainda com meu chefe, que é uma pessoa MARAVILHOSA, que sempre me tratou mais do que bem, e que não merecia que eu soltasse aos quatro ventos a grande notícia de que ele vai ficar sem secretária e deixá-lo que nem marido traído.

Somente hoje, depois de tudo confirmado, é que posso aqui dar meu suspiro de alívio. Vou ficar com uma folguinha financeira, que vai dar pra pagar a pós [é, além do mestrado, me inscrevi numa pós-graduação EAD em Artes Visuais, pelo SENAC-Bahia] além de tempo suficiente pra mergulhar de vez na pesquisa para a dissertação, já que a bolsa exige “dedicação exclusiva ao mestrado”. [ui!]

Então, notícia dada, esta que vos fala agora é bolsista CAPES e em breve não estará mais secretária do colegiado de Ciências Sociais da UESC, e não vai mais chegar em casa quase 23h todos os dias, e encontrar Marido dormindo. Êeeeeeeeee!!! Pra que vantagem melhor?

Nenhum comentário: