13.9.10

O texto que eu gostaria de ter escrito

Sem mudar uma linha. Ele me chegou através dos "ítens compartilhados de Eva",  e me despertou o desejo não somente de comentar nele, mas de que todo mundo pudesse lê-lo.

Gostaria de copiar aqui, palavra por palavra, mas isso é coisa de plagiador barato, coisa que eu não sou, e vocês sabem disso. Então, por favor, vão lá no Championship Vinyl  e leiam o post Vida,  depois de ler o post Morte.


Eu não conheço o blogueiro (Rob Gordon, deve ser pseudônimo), nunca andei por lá, quero dizer, não conhecia, mas já que já andei, digo logo que é dos blogs que vou continuar lendo, e se você gosta de textos bem escritos, de maneira inteligente e bem humorada, é um prato cheio.

Mas o mais importante é que lendo o texto dele fiquei pensando quão pouco tenho comentado nos blogs que gosto de ler... e não adianta dizer que é falta de tempo, qualquer justificativa é furada. Há muito tempo ouvi alguém dizer que "ter tempo é uma questão de preferência", e apesar dos impedimentos, sempre dá pra fazer um esforço e se fazer presente na vida de quem a gente gosta, seja à vera ou virtualmente.

Então, não esqueçam de comentar. Lá e aqui. Porque o que ele diz é a mais pura verdade: São os comentários que dão vida a um blog, sem eles, ele morre.

Eu participo da campanha:



Eu ia esquecendo! Por falar em "participar da vida de quem a gente gosta", hoje recebi a visita de Rê e Namorado dela (o nome dele é Tairone, mas eu fiquei com vergonha de dizer!) que tomaram café da manhã comigo. Só não foi melhor porque Marido já havia saído pro trabalho, mas foi muito bom perceber, como ela disse num e-mail recebido à tardinha, "Que coisa maravilhosa saber que os anos passam e a nossa amizade só se fortalece..." 
 (Mr. Blogger não quer colaborar e a foto não vai de jeito nenhum!)

3 comentários:

Jady disse...

Não acredito que eu tou a primeira não?!?!?!?

afff que esse povo tá mais peba que o meu kkkk

Jady disse...

Mas xô comentar de verdade (e antes das 18h tá vendo!?!?!)

Acho que por causa dessa falta de comentários, percebi no Google Reader que muita gente passou a
fazer liberação parcial de feed. Um saco isso :(

Mas, vamos nos movimentar para ver se esse negócio muda certo?

E viva os comentários que nos trazem novos e bons amigos ;-)

Beijo preá...

Gaby Almeida disse...

Verdade, os cometarios que dão vida aos blogs... fico tristinha qndo não tem comentario nenhum no meu, mas é normal. Vou dar uma olhado no blog q vc indicou, fiquei curiosa pra ler o post.