30.9.10

Replay da viagem

Na tarde de terça-feira Marido e eu passamos a tarde INTEIRINHA em Paris. É, fomos escolher as fotos para imprimir (se não fizer isso logo, aparece outra viagem e as fotos ficam esquecidas no PC) e vivemos tudo de novo.

O objetivo inicial era selecionarmos 100 fotos somente de Paris, no mês que vem outro tanto de Londres/Liverpool, e assim sucessivamente. Mas... quem disse??? Era um tal de "essa vai!" "essa não pode ficar de fora!" "isso É PARIS!" e assim... foram "apenas" 280 fotos. DUZENTOS E OITENTA. Pessoas, nem eu fazia idéia do volume final. Mas como eu tenho desconto pra profissional, né?... deu pra fazer esse tanto de fotos e ainda comprar os álbuns (QUATRO). Já estou imaginando que vamos ter que inventar um espaço especial aqui em casa para armazenar nossas preciosidades.
Fotos impressas 002

Fotos impressas 001
Mas o assunto nem é esse... quero falar da sensação deliciosa que é dar replay na viagem, olhando as fotos, comentando, relembrando... e desejando voltar o quanto antes! Marido prometeu 2012, mas tá tão longe... Acho que vou arrumar um concurso de fotografia que dê como prêmio uma viagem a Paris com acompanhante... heheheh

Na minha dissertação eu falo das fotografias turísticas como start da memória, e tenho experimentado isso ao vivo e a cores. Não vou me alongar muito, mas digo a vocês que minha dissertação está daquele jeito que até quem não é "da área" vai ler e gostar. (#jogueiamodéstianolixo)

Bem, pra quem quiser viajar conosco, as fotos que foram impressas estão nesses álbuns aqui: Paris e Paris - o retorno . É, nós passamos por lá duas vezes!



3 comentários:

Gaby Almeida disse...

Foto é uma coisa incrivel, eu amo, pq só de olhar a gente revive aquele momento.

Michele disse...

Bel, vou ligar agora mesmo pro meu marido e dizer que estou com DESEJO de visitar Paris! Grávida pode, né? hahaha

Que lugar fantástico! E isso por foto! Preciso visitá-la um dia! :)

Eu sou louca por fotos! Tiro muitas, de tudo! Qualquer evento, viagem ou ocasião, devem ser registrados. Mas como sou mais das antigas, gosto de pegar nelas, de vê-las impressas! Não tem essa de ficar tudo no CD, não! Imagina só o tamanho dos álbuns! Não são todas que mandamos revelar, mas essas especiais, gostamos de guardar em locais mais bonitos e "quentinhos" do que numa tela de computador! :)


Beijos, querida!

Tucha disse...

Pois é, a memória tem estas delícias, deixar a gente "viver" outra vez. Paris é delicioso, uma cidade para voltar sempre e sempre.