17.10.10

Subject

[Não é o "sujeito", é o campo "assunto" dos e-mails.]

Estou participando de um estudo sobre spams feito pela Silicon Valley Research Group  e em vez de simplesmente deletar, estou tendo que abrir os e-mails que chegam em minha inbox e classificá-los como "limpo" ou "spam".

Hoje me assustei com a quantidade de vontade de chamar a atenção que têm algumas pessoas. Em grande parte das vezes nem foram spams. Eram e-mails "limpos", até sérios, mas pelamor, pra que começar com ATENÇÃO, CUIDADO, IMPORTANTE, COMUNICADO URGENTE, NÃO DEIXE DE LER e afins???

Só por isso já me dá vontade de clicar no ladinho e mandar pra lixeira ou pra pasta de spam.

Não é possível que seja tão difícil ao escrever um e-mail colocar no campo "assunto" o ASSUNTO do dito cujo. Tenho dito.

2 comentários:

Tucha disse...

É mesmo... ninguém merece a quantidade de bobagens que encaminham pra gente, correntes e outros lixos.
Gostei das indicações de hotel que vc mandou, mas já tá tudo reservado.

.Intense. disse...

[óiaaaaaaaaaaaaa, o blog tá de cara nova! (que susto, aauhauhau x) ) ]


então, eu não abro, haha. simplesmente deleto. tem uma amiga minha que já sacou isso e, é tão esperta que manda o título assim 'Dani, lê esse email'


o.O

eu, a relapsa! :p

=*