12.12.10

Como um dia de domingo...

Depois da semana punk que passou, Papai do céu me deu de presente um dia de domingo daqueles que se poderia chamar de "perfeito" se não tivesse uma ameaça de enxaqueca pelo meio. Mas como foi só "ameaça", ele ainda é qualificado (essa palavra ainda vibra em meus ouvidos) como PERFEITO.

Acordar sem despertador - e com Marido do lado! \o/ - tomar café com calma, assistir "Uma Noite em 67" (documentário sobre o 3º Festival de Música da TV Record - delicioso!) agarradinha com Marido, sair com a "família toda" para almoçar no chinês , passar no mercado (e esquecer de comprar pão), - pausa para a ameaça de enxaqueca curada com um energético e uma hora de sono ouvindo música - namorar, fazer um cuscuz pela primeira vez na vida  (e ficar bom), editar fotos, botar os assuntos em dia com Marido que passou uma semana viajando, jantar em paz, ganhar massagem no pé que está "doendo de graça", ler e responder e-mails interessantes, brincar com a turma do amigo secreto, enfim...  Como deveria ser um dia de domingo.

Tudo bem que faltou ir à igreja, mas hoje eu não sairia de casa, não mesmo. O casamento que fotografei ontem me fez ficar em pé mais de seis horas seguidas, e eu precisava descansar, ficar quietinha e repor as energias.

E tem coisa mais gostosa do que curtir um dia inteirinho sem preocupações, do lado de quem a gente ama?

Deu até pra fotografar Marido fazendo a barba:

12-12-2010 005

Ele não é lindo, mesmo sério?

12-12-2010 007Ah, minha blusa está suja é de creme de barbear.

4 comentários:

Tucha disse...

Que a segunda feira tenha um certo sabor de domingo...

Carla Ceres disse...

Que bom te ler feliz! Vocês merecem. Beijos!

Michele disse...

Bel, com todo o respeito, seu marido é mesmo bonito! E forma com você um casal mais bonito ainda! Sério, vocês combinam demais! Talvez seja o amor, né? Que nos torna parecidos, nos torna complementos um do outro!

Tem toda razão: nada melhor do que passar o dia tranquila ao lado do maridão! Eu tentei sair no sábado, mas agora ando podendo andar quase nada, logo, ficamos em casa assistindo um filme ou deitados no meio da tarde tomando um ventinho (quando tem), cheio de guloseimas e uma peludinha (a Meg) a tiracolo! :)

Um beijo, querida!
Boa semana!

Jady disse...

Você fica seis horas em pé e diz que o pé tá doendo de graça? Vc tem problemas ;-)

Beijo