3.12.10

Diário de uma magra-sem-vergonha e estressada

Eu poderia começar este post dizendo que o Diário de uma magra está atrasado porque a balança aqui de casa ficou sem bateria, e por isso não pude fazer o acompanhamento necessário, já que pra um controle honesto é preciso que as pesagens sejam feitas na mesma balança. Isto é verdade (sobre a balança estar sem bateria - comprei ontem), mas o motivo do atraso na atualização do Diário é outro, ou melhor, são outros.

Bem, a bendita qualificação do Mestrado será na próxima quinta, dia 9 (anota aí e se você crê em Deus erga as mãos para o céu numa prece...) e a estressada aqui está com esofagite de refluxo, de tão estressada com a situação. Aí, podem escolher: estresse se "cura" com:

(  ) comida (bem doce e/ou com muito queijo)

(  ) sono extra (típico de quem quer fugir do monstro da situação)

(  ) Red bull, Bivolt e afins (riquíssimos em calorias, mas que afastam o sono citado acima)

(  )  Horas com a bunda grudada na cadeira ou no sofá escrevendo a dissertação, na verdade dias inteiros sem sair de casa nem pra olhar a cara da rua

(  ) Loucuras como aceitar convite de amiga para ir pra praia em plena 2a feira chuvosa e nublada, só para bater papo e comer caranguejo

(  ) todas as anteriores

 

Quer dizer...

Então, depois de semanas sem me pesar, eis o veredito:

Os exatos 74 Kg estão aqui, firmes e fortes (ops, nem tão "firmes" assim), implorando para não irem embora. Na contabilidade geral, estou [ainda] no lucro, -0,5 Kg, mas vamos combinar que é sacanagem desse corpo moreno, cheiroso e gostoso que não obedece meus desejos, se eu o trato tão bem, né?

Ah, e hoje tem reencontro de um grupo do qual eu participei por quase dois anos e a quem não vejo há outro tanto de tempo, num rodízio de pizza... já estou contando que o sinal de negativo no 0,5 Kg citado acima vai desaparecer ainda esta noite.

That's all, folks!

PS- Depois de 25 dias sem dar as caras, Dona Enxaqueca deu sinal de que não me abandonou, e pintou na área anteontem. Tentei enrolar a criatura, fingi que estava dormindo, ela pareceu que ia desistir, mas ficou à espreita. Ontem à tarde arrombou a porta e se instalou no meu sofá.  No momento estou fazendo de conta que ela é invisível e virando a cara pra ver se ela me esquece. #Oremos.

4 comentários:

Patricia Daltro disse...

Vixê, quanto estresse! Posso te dar uma dica? Esqueça o projeto magra até o dia 9/12 - estarei orando e pedindo por você - coma, beba, faça tudo o possível que te relaxe e que te permita escrever e terminar a tese.
Depois do resultado, você volta ao controle. rs
Beijos

Tucha disse...

Dieta não á a minha cara.... E dezembro é um mês improprio, no proximo mês começo, afinal é de promessas de ano novo que se renova nossa esperança.

Carla Ceres disse...

Ave, Maria! Pronto, comecei a rezar. O jeito é ficar de bumbum quadrado de tanto tempo sentada, escrevendo. Tenho certeza que tudo vai sair bem no mestrado, mas, de qualquer modo, me avise quando o resultado sair. Quero comemorar. Beijos!

Michele disse...

Amém, Bel!

Fiquei até com medo da lua agora... E ela muda de novo (pra lua cheia, acho - dizem que a que mais interfere nos partos) no dia 21/12 (dia 24 faço 37 semanas)... chances grandes de ela botar um dedinho no meio da história, hein? rss

Nem me fala em engordar/ emagrecer. Engordei já 12kg, sendo que nesse último mês, ganhei os 2kg previstos. O problema é que a fome está apertando mesmo agora, e logo vem as festas de fim de ano. Eu nunca resisto. Acho que engordarei mais uns 4kg até a Maria Clara nascer.

Beijos, querida!