24.12.10

Natal Feliz

Acho que hoje, 24 de dezembro de 2010 foi quebrada a "maldição do natal" na minha vida. Por motivos que não vêm ao caso, já há alguns anos eu tento fazer com que o Natal tenha um significado pessoal diferente, mas não conseguia. [ Nada a ver com o REAL significado do Natal, Jesus vindo ao mundo com a missão de salvar os pecadores.] O Natal estava com gosto de tristeza, gosto de não-quero-lembrar, e por mais que coisas boas acontecessem nessa época, sempre estava presente aquilo-que-era-pra não-ser-lembrado.

E eu ia driblando o Natal de um jeito ou de outro, deixando o tempo passar, fazendo de conta que  aquilo-que-era-pra não-ser-lembrado não tinha existido. Óbvio que não dava certo. Precisava que algo superior, mais importante e bom de verdade acontecesse e passasse por cima daquilo que fazia com que eu passasse os natais fechando os olhos e o coração para o que realmente importava.

Pois aconteceu. 

Um pouquinho antecipado, na manhã da véspera do Natal, recebi o diagnóstico negativo de uma possibilidade muito ruim (ou duas). Ainda estou flutuando, meio anestesiada, mas com certeza, a partir de hoje o Natal vai ser o melhor dia do ano, o dia em que recebi a melhor notícia dos últimos tempos.

Vocês não estão entendendo nada? Eu sei, devo estar com a escrita confusa mesmo. Não tentem entender. Só agradeçam a Deus comigo e vamos ter juntos um FELIZ NATAL!!!





O casal de fofonildos em seu 48º aniversário de casamento, em maio/2010

3 comentários:

Patricia Daltro disse...

Bel, até nisso a gente se entende, Durante muitos anos, o Natal era apenas uma data que não queria lembrar, fruto de uma perda muito dolorosa no dia 23/12. Foi com o nascimento do Dani que essa data voltou a se acender dentro de mim, a fantasia voltou a fazer parte das nossas vidas.
Acho que foi mais ou menos assim que vc deve ter se sentido, uma sensação de renascimento.
Feliz Natal para você, para o casal de Fofonildos (menina, 48º anos de casado!!!!!) e muito amor para todos da sua família!
Te amo,
Pat

Talita Gama disse...

Fofos demais FATO!
Sabe o que inspira meu natal?
Família, puxa vida, estar com meus avós, meus pais, primos, tios, irmão, namorado, nada se compara a isso, o calor, a emoção... depois da meia noite passa.. eu sei rs! Voltamos a ser os mesmos, com seus erros e linguas enormes rs! Mas ainda assim, passo o ano esperando por essa noite... eu amo o natal... e espero mesmo que agora você possa sentir tudo isso que eu sinto... porque, não tem preço...

Beijos

Uscia disse...

Que bom que o Natal tem novamente o significado REAL pra vc.
Que Deus te abençoe muito!