16.2.11

E... pufff.

Estou me sentindo assim. Tão envolvida com minha vida [e meus problemas] reais que não consigo viver minha vida virtual. Tenho tantas coisas pra escrever aqui, e é como dizem os poetas: a poesia bate nos dedos, e se não sair, vai embora. Aqui não é lugar de poesia, mas se não escrever na hora... perde a razão de ser, não consigo mais entrar no clima, e... pufff, acabou.

Em tópicos:

* Estou fazendo um curso de edição de imagens em Photoshop durante toda a semana. Teria coisas engraçadas, interessantes e até trágicas pra contar, mas... pufff.

* Mamys está BEM MELHOR, mas ainda precisa de minha atenção e cuidados. Nossas conversas também dariam excelentes posts, mas... pufff.

* Duas grandes amigas por perto por alguns dias. Ah, mil coisas pra contar. Mas... adivinhem? Pufff.

* E-mails para responder, que preciso de calma e atenção, mas, cadê? Pufff.

*Queria poder chorar minhas dores (literalmente, nos joelhos e coluna), minhas queixas várias,  minhas vontades reprimidas, mas tem tanta coisa na frente, que... pufff.

Então é isso. pufff. Pelo menos estou viva. Wow!

2 comentários:

Tucha disse...

Fiquei curiosa mas... pufff...

Carla Ceres disse...

Vai vivendo, minha linda, e depois você conta! Quem passa a vida escrevendo autobiografia tem pouquíssimo a contar. Beijos!