13.4.11

Bom Tempo

[Aproveitando e adaptando um e-mail que escrevi pra Tâmara, desabafando e contando as [BOAS] notícias.]

Tem vários dias que eu tô querendo "conversar", mas não tô tendo tempo. Um dos motivos é que topei fazer [mais] um trabalho voluntário, dando uma oficina de fotografia num Colégio Estadual, pelo programa Mais Educação, do Governo Federal. É “trabalho voluntário”, porque só vem uma ajuda de custo de 300 reais por 8 horas/aulas por semana. 4 turmas de "santinhos" entre 10 e 13 anos, de 5a e 6a séries.

Tem sido bom, hoje foi MUITO bom, tem dias que é estressante, mas no geral é legal. Motivos pra eu estar fazendo isso nesse momento da minha vida profissional (véspera da defesa, desempregada, etc):

1. Acredito na educação integral, não somente em tempo integral, mas trabalhando todas as habilidades possíveis das crianças.

2. Acredito que quando a gente vai ensinar, a gente aprende muito, sempre e mais.

3. Estou fazendo meu nome na Capitania.

4. Tenho um grupo "nas minhas mãos", pra executar os projetos fotográficos que me vierem à cabeça.

5. Tenho alma de educadora. Sou durona, mas carinhosa, pego pesado mas amo... então os alunos terminam gostando de mim e eu me apaixonando por eles.

6. Estou me sentindo bem de ter um horário pra acordar, uma responsabilidade, sabe? Ficar desempregada é osso. E mesmo com pouca grana, ajuda o emocional.

Mas à parte de tudo isso que acontece nas manhãs de segunda, quarta e sexta, nas manhãs de terça e quinta cuido de minha saúde: 7h pilates, 8h fisio, 10h dentista e uma vez na semana, 15h acupuntura em Itabocas. Tá bom, ou alguém quer mais?

Ah, antes que perguntem, não, ainda não acabei a apresentação (ppt) da defesa. Mas já comecei, e isso conta, né?

F-U-I.

PS- Tem curso de Fotografia rolando no final do mês. Confira aqui.

Curso básico de fotografia

Clica que aumenta

2 comentários:

Tucha disse...

Conseguir um bom emprego não é tarefa fácil. Vc tem que ficar atenta para os possíveis concursos, e com esta vocação de professora e quase "mestre", de preferencia numa universidade não muito distante da capitania. Mas devagar vc está conseguindo "espaço".
Vou para ai depois da Santa Semana, a trabalho, mas sempre se arruma um tempo para uma happy hour

Carla Ceres disse...

Emprego novo você consegue depois de terminar o mestrado, ou seja, loguinho. Enquanto isso, vai se divertindo e ensinando algo bom pra criançada. Beijos!