23.2.12

Diário de viagem - 2

Quem me segue no Twitter ou no Facebook tem visto as fotos e sabe que tá tudo bem, tudo lindo, divino e maravilhoso. Mas como os “públicos” são diferentes, e eu trouxe o notebook (Marido me convenceu) e aqui tem conexão disponível… bora postar, né?
Chegamos bem em Sampa, a viagem foi super tranquila, tudo no horário, nenhum atropelo.
  
  
Descemos em Guarulhos, pegamos o bus grátis da Gol para Congonhas e de lá um táxi pra casa da prima. Foi só alegria!

Descansamos e batemos papo no restante do dia, nos divertimos com as histórias de tia Ivone em sua viagem a Israel, Egito e Jordânia. Deu a maior vontade de levar meus velhinhos lá também… quem sabe???
Ontem foi dia de ganhar a cidade com Ana e Bel. Conhecer as meninas ao vivo e acores (quer dizer, Bel quase sem cor…) foi ótimo! Nos encontramos na estação Berrini com Bel e em Pinheiros com Ana.
           Sampa 8    Sampa 5Sampa 2
Nosso primeiro destino era o Mercado Municipal, mas para chegar lá, andamos um bocaaaado, inclusive passando pela 25 de março, que, por conta de ser semi-feriado (segunda de carnaval) e cedo,  tinha relativamente pouca gente. Não comprei NADA lá, pra variar. Smiley piscando Mas andar por lá foi uma verdadeira experiência antropológica de observação não-participante, se é que os acadêmicos das ciências sociais me entendem.
O Mercado é um lugar quase que impossível de descrever. Limpíssimo, (até o banheiro!), organizado, e com estímulos a todos os sentidos, exceto à audição. Diferente de uma feira comum, lá ninguém grita oferecendo as mercadorias. Tive a sensação de que era mesmo só para turistas, ainda mais que as meninas, paulistanas da gema, nunca haviam ido lá.  E os vitrais? Lindos, com cenas da produção agrícola…
20-02-2012 038     20-02-2012 039
20-02-2012 041     20-02-2012 042
Frutas exóticas (clica que aumenta e dá pra ver os nomes e os preços) e caríssimas, um espetáculo de cores. Morangos gigantes me chamaram à atenção tanto quanto as frutas desconhecidas.
   20-02-2012 015   20-02-2012 017
20-02-2012 020     20-02-2012 021
           20-02-2012 022     20-02-2012 023
20-02-2012 024     20-02-2012 028
20-02-2012 029     20-02-2012 03320-02-2012 034
É claro que, estando lá, tínhamos que comer pastel! Mas eu não resisti. Preferi um sandubão gigante (um daria pra duas pessoas!) no Hocca, o mais tradicional dos pastéis. Ana e Bel comeram pastel de bacalhau, e eu posei com um, pra dizer a Ernani que lembrei do pedido dele!
20-02-2012 050    20-02-2012 054   20-02-2012 056
Sampa 7
Saímos do Mercado achando que só iríamos comer no jantar, mas tem gente que tem um buraco no estômago… (não sou eu!)
Andamos até a Sé, e fizemos travessura no Pateo do Colégio, marco de nascimento da cidade de São Paulo).
                      Sampa 4     20-02-2012 065
20-02-2012 067
De lá fomos andando, sempre andando, nem sempre em frente… até à Liberdade. Mas isso fica para o próximo post.
Hoje vamos sair com o casal de fofonildos e a Karina! Mais uma blogueira que vai passar do conhecimento virtual para o “ao vivo”. \o/
#PARTIU

Nenhum comentário: