12.4.12

VIRTUAL???

Acho que todo mundo que passa por aqui e lê blogs não tem o preconceito que ainda existe por aí contra as amizades virtuais. Aquela paranóia de não colocar foto, não se mostrar diretamente, não dizer que tem filhos, bla bla bla whiskas sachet não é pra mim.

Desde o começo deste blog, em 2005, comecei a fazer amizades “virtuais”, sem medo de ser feliz. Muitas já se desvirtualizaram – não gosto de dizer que “se tornaram reais” porque pra mim real não é antônimo de virtual – e a primeira delas foi a Jady, que veio em minha casa em 2006, e de lá pra cá, já foram tantos, que perdi a conta! As últimas foram Ana-Bel e Karina (que não tem post contando, mas tem álbum no Facebook). Mas a coisa continua acontecendo…

Semana passada recebi um e-mail de Jady:

Uma amiga veio me visitar agora e disse que sonhou comigo, na madrugada em que minha bolsa estourou. Só que ela sonhou que eu morria e, no sonho (ela passou a ler seu blog a partir dos montes de comentários seus no meu), ela não pensava em Nilo, nem em Yago, nem em Leo, ela disse que falou "E agora? Como é que Bel vai fazer?".

Eu tive que parar uns minutinhos, pra processar a informação. Como assim, alguém que “lê meu blog – e não comenta” chega a SONHAR comigo? E mais, se preocupando comigo???!!!  Jady me passou o link do perfil da amiga no FB, e descreveu assim: “Sabe aquele gente iluminada? Boa?” Claro que fui lá, e deixei uma mensagem. Não tive resposta, e esqueci do caso. Quando foi hoje cedinho, vi a resposta e… vejam vocês:

Anabel! (posso chamar, bel?)
Menina, já pensou que coisa esse mundo virtual? Eu nunca troquei um post/comment contigo e você já entrou no meu sonho. Eu achei mega doido, mas tambem fiquei pensando que esse mundo virtual influencia a gente de um jeito que nem fazemos ideia...
Pois eh, no meu sonho a Jady morria e meu aperreio todinho era "E agora, como a Bel vai ficar???" hahaha Tadinho de Nilo, dos filhos, nem pensei neles. Coisa doida e engraçada!
Que legal você ter deixado a mensagem aqui. Pois é, sou tua leitora oculta, acompanhei tua historia de amor (que acho linda), perrengues com mestrado, casorio, lua de mel. E amo fotografia (apesar de não praticar nada!), acho linda tua perspectiva de trabalho como fotografa. Nem sei pq nunca comentei, mas acho que é por nao nos conhecermos, sei lá. Timidez minha talvez. Acompanho muitos blogs assim.
Estamos então conectadas! E agora vou comentar quando passar lá no Deixo Ler.
Um abração!

Eu não fazia idéia de que era há tanto tempo assim que ela “me lia”! E fiquei ainda mais emocionada! Às vezes a gente escreve, escreve… e quase ninguém comenta, e a gente pensa que está falando pro vazio, esperando só o Pai Google mandar alguém cair aqui por conta de uma bobagem qualquer… mas quando vê, tem gente assim, que lê, que “participa”, que se importa… sem dizer uma só palavra.

Parêntese: Acho isso uma sacanagem!!! Se você se diverte, se emociona, se importa… ME DIGA ISSO!!! Pra pelo menos eu ter mais ânimo de escrever melhor, oras! Fecha parêntese.

Mas então, a Nadir agora é minha amiga no Facebook, e resolvi vir responder à mensagem dela por aqui, repartindo a história com vocês. E aproveitar pra perguntar: Tem mais alguém aí, na mesma situação??? Apresente-se!!!

(Sei que Bárbara e Márcia acompanham o blog, e só se manifestam em ocasiões especiais – tá, Bárbara tá mais chegada via FB, mas Márcia deu uma sumida geral. Aproveito pra dizer que tô morreeeeeendo de saudade de nossos papos, de seus conselhos econômicos [zerei os cartões de crédito, e comprei um iPad pagando em 3 vezes!!!] de suas notícias e de seu carinho, nêga-fia!)

Nadir, eu sei que você vem a Salvador SEMPRE. Então, que tal dar uma esticadinha aqui, nalgum feriadão, dos muitos que teremos ainda em 2012??? Estou planejando ir conhecer Leo, quem sabe, no São João. Seria outra possibilidade, né? Mas agora eu não perdôo se não tiver comentário seu por aqui, viu?

Obrigada, preá, por ter me dado mais esse presente!!!

E outros capítulos desta série “Desvirtualizando” virão. Depois eu falo das meninas da irmandade AMMET. Smiley piscando

Agora eu vou ali, terminar de arrumar a mala, fazer as unhas e descascar uns pepinos antes de viajar. Beijo n’ocês tudo!

Nenhum comentário: