6.10.12

O caso da viagem

Começo, finalmente, a contar da viagem, exatamente uma semana depois de sair de Barcelona, pegando o caminho de casa. Não vou pedir desculpas, porque já chega disso, né? Este blog existe pra que eu possa escrever… se você quer ler, eu deixo, mas não vou escrever SOMENTE porque você quer ler… (ó eu me achando…)
Passei quinze lindos dias com minha cria em duas das mais lindas cidades do mundo, que agora fazem parte da minha história, de maneira especialmente bela: Londres e Barcelona. Eu bem que gostaria de dar todas as dicas de passeios, comidas, hospedagem e afins, mas como este não é um blog de viagens, vou focar no que é minha especialidade: o que vivi.
Salvador 15-09-2012 (1)
Desde que Line foi estudar em Recife, em abril de 2006, passamos uns três meses juntas, se juntarmos todas as vezes em que fui lá e que ela veio em casa. Então, essas duas semanas foram um tempo “enorme”, onde as Gilmore Girls puderam se reencontrar para passear, conversar, rir, pagar micos, posar de ricaças ou juntar duas refeições em uma, enfim, reapertar os laços que, pelo tempo, pela distância e pela vida corrida ficaram um tantinho frouxos.
Londres 18-09-2012 029
“Autógrafo” no muro em Abbey Road
E essa foi mesmo a intenção inicial da viagem, que surgiu depois do post da Clau sobre a Legoland de Orlando e que mandei pra Line por e-mail e ela me respondeu: “A gente ‘super tem’ que ir lá! E esse ano, antes que o mundo acabe!” Como não temos vistos pros Estados Unidos e já tivemos negado em 2005, não tenho coragem de tentar de novo (e é um pouquinho de revolta também…). Descobrimos que existem parques da Lego em vários outros lugares do mundo, e entre eles, na Inglaterra. Escolhemos esse, e Londres passou a ser o nosso destino. Como já estaríamos na Europa, não dava pra ir a uma cidade só, né? Optamos por passar uma semana em Londres e outra em Barcelona, por conta do apelo de design, que atraiu a garota logo de cara. É lógico que, estando em Londres, duas Beatlemaníacas não irem a Liverpool seria pecado mortal. E mesmo eu já tendo ido em 2010 com Marido, valeria ir novamente, porque o Magical Mystery Tour que eu queria fazer e não consegui estava “me chamando”…
No fim das contas, nem fomos à Legoland, era distante de Londres, caro e achamos que podíamos fazer outras coisas mais legais… Smiley piscando Nossa volta à infância aconteceu em muitos momentos: no Starflyer (o maior sombrero mexicano do mundo), nas corridas pra atravessar a rua em Barcelona, gritando “corre, Gaudí, que é vem o bonde!” e especialmente no Toy’s Kingdom da Harrods!
Lego 2 
Lego na Harrods
Lego 3 
Porque sem pagar mico não vale!
Lego 
“Super Lego” – na lojinha do Museu Picasso (Barcelona)
Koala 
“Mãe, eu quero um Koaaaaaala!!!”
Starflyer 
Starflyer, emoção e adrenalina, fazendo a gente gritar como criança!!!
Bike
Passeando de bike no Hyde Park.
Fiquei boiada, depois de uma hora de pedalada, precisei ir pra casa descansar, e deixei a garota solta na buraqueira. Chegou em casa depois de passar na Primark, cheeeeeia de compras. No dia seguinte, EU é que fui fazer a farra por lá! Smiley piscando
Parada obrigatória para as fãs dos FabFour: Abbey Road. E olha que linda a foto que fiz dela, eleita como “a melhor foto da viagem” (e oferecida, logicamente, ao Namorado!):


Abbey Road 2

Abbey Road
Eu, pegando carona com uma família de 3 chineses…
Os micos continuaram, incluindo fotos com “a rainha” em vários cartazes comemorativos do Jubileu de Diamante de reinado dela, ou com o chapéu e o cachimbo de Sherlock Holmes!
Queen       Sherlock
Enfim, a semana em Londres foi linda, sem frio, com céu azul, e desmentindo a idéia de “cidade cinza”! Nossa casinha super fofa, em Queen’s Park foi uma boa pedida! Anotem a dica: www.housetrip.com , que oferece aluguel de apartamentos ou quartos em casas de família (ficamos num loft simples mas confortável, que vai ganhar ganhou um post exclusivo).
Casinha
Resumo da ópera: valeu DEMAIS!!! E o melhor: gastamos menos do que o esperado, as contas dos cartões de crédito já chegaram e estão todas pagas! \o/ Outro post específico virá sobre os custos da viagem, que me dá a esperança de repetir a experiência muitas outras vezes.
[A saudade de Marido e de Namorado (dela) foi minimizada pelo contato via Skype e também pelo bendito chip da Lebara, indicação do Ernani (que também vai ganhar ganhou post exclusivo) que cobrava 9 centavos por minuto de ligação para o Brasil! Mas da próxima vez eles vão conosco!!!]

Nenhum comentário: