14.1.13

Destemperando - Parte 2

Eu JURO que não tinha ideia da dimensão dos Destemps quando me inscrevi na seleção pra Food Hunter. A coisa é muito mais que um hobby remunerado, como eles me apresentaram. É algo absurdamente imenso [exagero mode on] que inclui o site, app na AppleStore, programa de rádio, #instafood, e mais outras coisas que você pode conferir aqui.

Meu compromisso é escrever dois posts por mês, e já se vão seis (5 publicados e um agendado). Listinha aqui, até o momento, no estilo blog, de trás pra frente!

Na guia “Destemps”, você pode acompanhar todos os posts, espero conseguir manter atualizada.

O próximo é sobre o Natureza Viva, que não fica exatamente em Ilhéus, mas na BR 101, no caminho de Salvador pra cá.

Natureza Viva 06

Tem sido uma experiência bacana, prazerosa, mas nem por isso deixa de ser trabalhosa. Dar a minha opinião, descrever a minha experiência é algo que pode ajudar quem estiver procurando um lugar legal pra comer, mas sempre pode aparecer o dedinho de Murphy e a coisa dar errado, ou não sair bem como eu contei no post. Mas é um risco que se corre. Minhas fotos não são editadas, nem aviso ao garçon/maitre/proprietário que estou escrevendo um post.

Foi muito bacana ir ao Bataclan, mostrar o post no iPad e ver a reação da pessoa. Assim como foi receber do Coronel Juca uma agradecimento via Facebook. Se pudesse escreveria sobre o Villa Sandino, mas Recife está fora da minha área, um dos objetivos do site é mostrar os restaurantes através dos olhos da gente “da terra”. Um turista sempre pode ter uma experiência muito boa ou muito ruim e isso não ser o normal do estabelecimento. Já quem mora na cidade, deve ter ido ali várias vezes, e por isso ter uma opinião mais consistente. Eu concordo com isso.

Nenhum comentário: