14.6.13

Revenge

Eu ia postar um monte de coisas… sobre os protestos que eu não vi – só li; sobre minha última aula do semestre; sobre uns trabalhos extras que tenho feito; sobre as flores que estão vencendo a briga contra o inverno no meu jardim-de-varanda; sobre minha volta ao pilates; sobre a viagem que vou fazer semana que vem; sobre o fato de eu ter – finalmente – uma conexão que me permite assistir temporadas inteiras de séries online (Revenge foi a primeira)… mas algo sobrepujou toda a minha sede de escrever.

O último post foi no dia 2 de junho – hoje é 14 – e esses 12 dias sem posts comprovam que estou na moleza-leseira-maresia-(insira aqui o termo regional que descreve o desânimo amplo, total e absoluto) que parece nao ter fim. Mas só parece. porque terá.

O caso é que fiz os exames de rotina para verificar as taxas de glicemia, colesterol e afins… incluindo as taxas dos hormônios da tireóide. E o TSH que deveria estar entre 0,5 e 5 estava em 22,919 (google this).

E enquanto eu assistia Revenge online, pude testemunhar a vingança dos hormônios, que me jogaram na chon, com golpes de jiu-jitsu, sem chance de defesa. Cabelo caindo e embranquecendo aos montes, unhas quebrando, memória reduzida em 400%, metabolismo devagar-quase-parando, sono mortal 24 horas por dia… e a certeza de que somente depois de 14 dias de dosagem aumentada da Levotiroxina é que o organismo vai começar a reagir. Thanks God, só faltam dois.

Nenhum comentário: