26.8.13

Remexendo o passado

Sempre soube que remexer o passado não é uma coisa boa. Especialmente quando o passado em questão não traz boas lembranças. Mas em algum momento isso se torna inevitável. No meu caso, preciso desocupar completamente o local onde será instalado o meu estúdio de fotografia e um escritório conjunto da Consultic.

Como a maior parte das coisas que precisam ser retiradas de lá são fotografias… precisei de uma imersão não somente em poeira e restos de tintas como também no passado. Foram álbuns inteiros que formaram uma fogueira no quintal, que demoraram bastante para queimar, mas cuja operação foi um sucesso.

IMG_4121

Se alguns álbuns foram deletados sem dó nem piedade, outros foram para a lista de “restauração ASAP” e outros foram vasculhados para retirar fotos “dispensáveis”, que foram juntamente com as primeiras, para o fogo.

Se tem uma coisa em que eu sou organizada, são as minhas fotografias. Todos os álbuns estão religiosamente em ordem cronológica, e etiquetados com os assuntos a que se referem. Como são mais de duzentos (!!!) e hoje consegui mexer em uns 20… precisarei de pelo menos mais uns dez domingos somente para selecionar o que vai e o que fica.

Exemplos de fotos que, não somente ficaram, como foram devidamente compartilhadas no FB e /ou mandadas via e-mail para os interessados: Por enquanto, a maioria das fotos são dos meus filhotes.

 IMG_4095

IMG_4096

IMG_4112

IMG_4113

IMG_4115

IMG_4124

IMG_4150

IMG_4165

Outras foram  dos coristas do Coral Doce Louvor, que durou de 1990 a 2002, mais ou menos, sob a minha regência, e ainda vive até hoje. Nem todas são publicáveis, já que, em quinze anos (no mínimo) o tempo faz melhorar bastante as pessoas.

Mas foi gostoso ver as produções de figurino para cada musical apresentado, as carinhas de felicidade ao subir ao palco (cantamos na igreja, em colégios e até no Teatro Municipal. E eram cerca de 50 crianças, que eu levava pra qualquer lugar (menos à praia, que eu não sou louca!), e eles obedeciam numa boa (com raras exceções), coisa que seria praticamente impossível hoje. Algumas mães se voluntariavam para me ajudar na disciplina, no lanche, na solução de problemas… foi um tempo muito bom. Tenho saudades. Mas é um tempo que passou. E só é bacana nas fotos!

IMG_4123

Kadija, a melhor pianista do mundo!!! (numa fase beatiful!)

IMG_4141    IMG_4142

Musical “Um gigante no Chão”, contando a história de Davi e Golias

IMG_4143   IMG_4144

Cantata de Natal

IMG_4145

IMG_4147

Dia das Mães, 1992

IMG_4148

Aniversário de Line, não lembro o ano

IMG_4149

Toda uma resenha sobre “quem tocou tambor” se acabou com esta foto!

IMG_4151

E eu me assustei ao ver que eu ia reger “de camisola”!!!

 

IMG_4152   IMG_4153

“Não, não não se acende uma vela, não pra colocar embaixo, lá no chão…”

IMG_4156

Cantata de Natal – Três reis magos…

IMG_4160

IMG_4161

E o top dos tops, o musical “O Barquinho Azul”.

Essas são as fotos publicáveis, porque existem muitas outras, das quais os artistas mirins não se orgulham. Vou continuar no garimpo, para manter em casa apenas as fotos que me tragam boas recordações. Em breve, outra sessão nostalgia!

5 comentários:

Bah disse...

Ahhh foi uma volta ao passado muito boa. Certas coisas valem muito a pena desenterrar, sabe? Agora, organização é um tópico que eu preciso rever meus conceitos auhauahuaa

KisU!

Carla Ceres disse...

Gostei de ver seu jeito de interagir com as crianças, Bel. Elas se comportavam sem perder a alegria. A foto do McDonalds é minha favorita desse lote. Você estava meio magrinha demais, mas já era bem bonita. O alto astral permaneceu o mesmo. Beijos!

Tucha disse...

As vezes remexer no baú do passado pode ser um bom motivo para dar boas gargalhadas. Durante a mudança fiz esta faxina fotográfica e preparei um super álbum para cada filhote e compactei os meus, afinal o espaço disponível foi reduzido drasticamente.
Tempos atrás já tinha feito uma "separação" fotográfica do "ex" (kkkk)

Bel disse...

Então... foi quase isso. Primeiro a separação fotográfica. Não fiz o super álbum, mas deixei que eles levassem as fotos que quisessem. Já é um começo. Agora vou procurar novos álbuns para a minha compactação... Oh, céus!!!

Inaie disse...

que gostoso Bel!!!! Gostoso desatravancar a vida das memorias ruins e muito mais gostoso achar memorias boas pra guardar embaixo do travesseiro.
Amo vc