19.1.14

A Vida Secreta de Walter Mitty

Pela primeira vez em muito tempo, não fui “virgem” assistir um filme. Passei na porta do Santa Clara e vi “A Vida Secreta de Walter Mitty”, e chegando em casa, dei uma pesquisada nas sinopses e resenhas.

Motivos para não ir:
  1. Ben Stiler
  2. Críticas falando sobre “cenas que se parecem com documentários da Nat Geo”
  3. Críticas falando de “repetições de piadas”.
  4. Ben Stiler.

Motivos para ir:
  1. Fiquei o fds inteirinho em casa
  2. Crítica de Eleonora Rosset que finaliza assim: “Leve, divertido e cheio de imaginação, o filme “A Vida Secreta de Walter Mitty”, surpreende agradavelmente.”
  3. Assunto chave: FOTOGRAFIA.
  4. Assunto correlato: Última edição da LIFE, antes de se tornar apenas uma revista online.
Fui. E ainda levei Marido, que saiu de casa sem ter ideia nem de que filme seria, dizendo que só iria para me fazer companhia.
No regrets! E já estou procurando, para exibir em classe, nas aulas de fotojornalismo, logo após “Fotógrafo de Guerra”.
Concordei com Eleanora Rosset, e acrescento: um roteiro de viagem surreal, que inclui Groenlândia, Islândia e Himalayas. Lugares que, provavelmente não visitarei, mas me senti “lá”, enquanto via cenas impossíveis de acontecerem, mas completamente factíveis dentro do roteiro do filme.
Curiosidade: O personagem Walter Mitty já serviu de inspiração para filmes, músicas e até quadrinhos. O personagem Snoopy, por exemplo, é descrito como “um beagle extrovertido com um complexo de Walter Mitty“, uma referência às peças em que Snoopy se imagina em outros cenários, fazendo coisas que ele não faz.
Procurei rapidamente no Pai Google a capa do último exemplar da Life, mas não encontrei. Deve ser o sono. Mas se não foi a que aparece no filme, deveria ter sido!

UPDATE: Encontrei! Realmente, não foi a capa mostrada no filme. Aliás, nenhuma das capas usadas no filme foram, de fato, capas da LIFE.  Vejam aqui.

Troféu Pipoca Quentinha garantido!!!

5 comentários:

Carla Ceres disse...

Ah, é? Então vou assistir, Bel. Agora, se vocês ainda não foram ver, sugiro que não percam "O Lobo de Wall Street". É um filmaço. Beijos!

Tucha disse...

Tive a mesma resistência em relação a Ben Stiler, que acho chatinho. Mas apesar de ambicioso, o filme tem momentos interessantes, especialmente fotograficamente. Fiquei encantada com as paisagens daqueles lugares que a gente nunca vai conhecer (só se ganharmos as passagens kkkk)

Anônimo disse...

Fico contente que estejas mais alegrinha.
Já consegues te divertir até com Ben Stiler...
Quanto a mim, sou um poço de preconceitos inamovíveis.
Ben Stiler...
...Tô fora!
Verdade seja dita: sou rabugento – raramente gosto de comédias.
Na minha lista dos “10 mais”, até que consta uma : DOUTOR FANTÁSTICO, do Kubrick. É sobre o apocalipse nuclear...
Enfim: se Ben Stiler te fez bem: VIVA BEN STILER!
É tudo que importa.
Abração.

Madi Muller disse...

Só ouvi falarem mal mas gostei tanto do trailer e do teu comentário q agora vou assistir!

Jullyane Teixeira disse...

Oi, Bel, olha eu aqui voltando ao blogworld! Não vi esse filme, mas já vou add na minha lista do filmow.

Beijão