6.5.16

Dia das mães... de novo!

Durante os últimos anos, com exceção do ano passado, o Dia das Mães tem passado batido, já que a gente sempre está viajando nessa época. E isso é bom pra mim, já que normalmente estou longe dos meus filhotes. Só que este ano... nada de viagem, porque estou sendo mãe dos meus dois velhinhos... e tenho que enfrentar os milhares de estímulos (comerciais e emocionais) que não me deixam esquecer a data festiva [sqn].

Jamais renegarei a maternidade e tudo de bom e de duro que ela traz. Mas não suporto essa data impingida. Meus filhotes não estarão comigo novamente, e isso se torna bem maior do que estar com a minha mãe (ainda que com papéis trocados). Estou mau humorada, triste, de bad, down, chamem como quiserem. Vontade zero de fazer seja lá o que for, a não ser coisas que só tenho vontade e não faço.

Todo mundo mudando foto de perfil no facebook pra foto com a mãe (eu também já fiz, em outros anos) mas até isso está me irritando. Não consigo ver o mundo inteiro feliz com suas mães ou suas crias... e eu não. Nem de longe. Egoísmo mode on. E registrado aqui, pra ficar bem explícito.

A única coisa que me tira da inércia é dançar. E apesar de hoje ter quaaaase ido pra um forró, amanhã promete.

Nenhum comentário: