23.11.16

De novo, ela.

Mais uma vez... a morte por perto. No dia de céu mais azul das últimas semanas, meu coração recebe uma sombra cinza de tristeza. Não sei explicar nem dar nome ao sentimento que me invade.  Não derramei uma lágrima [ainda], mas estou quebrada por dentro. O bom é que só consigo lembrar dela em momentos de muita alegria e emoção boa. 

O por-do-sol aí em cima deve ser lindo, amiga. Aproveita pra fotografar muuuuito!!!






Pipa, ano passado.








Eu fotografando de um lado, ela fotografando do outro.








Pipa, este ano.





Nenhum comentário: