4.11.16

Se puder.



Se puder faça terapia. Eu fiz, em duas fases da vida. Foi essencial. E no momento não estou fazendo porque...é segredo profissional, desculpaí.

Se puder cozinhe em casa. Eu até gosto de cozinhar. Mas só quando é por puro amor, quando EU resolvo, não pode ser por obrigação. Mas eu como em casa, todos os dias, a comidinha de Célia é delícia!!!

Se puder encontre alguma atividade que você goste e pratique sempre que tiver vontade. Oh, yes! Dançar!!! Dança de salão ou ballet (fitness), me faz um bem imenso. Mas outras atividades também, como o stand up paddle, a praia do final de semana, e até mesmo o salto de paraquedas quando o dinheiro permite.

Se puder se dê um gosto. Ah, eu me dou. Dou, sim. Ultimamente tem sido bolsas e sapatos. As bolsas, não, mas os sapatos, é "entrar um, sair outro", podem acreditar.

Se puder estude ou faça um curso que não tenha nada a ver com a sua profissão. Essa parte é a mais difícil... não tenho conseguido.

Se puder separe uns minutos para não fazer nada com o seu amor. Se dependesse só de mim, era facinho, facinho, mas... 

Se puder medite, nem que seja por um minuto.  E como é que se medita??? Eu nunca consegui. Talvez nunca ninguém tenha conseguido me ensinar, talvez eu não seja capaz de me concentrar o suficiente.

Se puder abrace alguém que você gosta todos os dias. Abraço. Com toda certeza. Nem todo mundo que eu gosto e quero, mas todo dia abraço alguém!!!

Se puder corte pessoas tóxicas da sua vida. Sempre segui esse princípio. Tem pessoas que sugam minha energia numa rapidez... E mais rápido ainda eu me afasto delas.

Se puder não deixe de tomar café da manhã. Mas é NUNCA!!! Ainda mais depois de minha supernutri me explicar sobre o quanto eu devo comer de 3 em 3 horas.

Se puder tome uma tacinha de vinho todos os dias. Essa parte não dá, mesmo. Marido não bebe, e se abrir uma garrafa de vinho pra tomar só uma taça, vou estragar. Então, essa parte eu deixo pra quando tiver mais gente em casa ou quando estiver  na casa de alguém.



Respondendo um post da Cinthya Rachel. Ela deu razões pra fazer as coisas acima, com justificativas. Achei que podia comentar. 

Nenhum comentário: